10 dicas para viajar de avião com bebê
Dicas

10 dicas para viajar de avião com bebê

Vai viajar de avião com o bebê não sabe o que fazer, ja está preocupada, desesperada?? Não se preocupe, vai dar tudo certo!

Fui promovida a mãe-viajante e levei minha filha em seu primeiro vôo com 25 dias! (com aval do pediatra tá!?) Depois dessa já vieram outras tantas então vou descrever aqui as coisas que mais me ajudaram.

1. Peito, peito, peito

Essa é a dica mais valiosa de todas, inclusive as comissárias de bordo vão te aconselhar aqui. Dê o peito para o bebê na decolagem e no pouso. O movimento de sucção vai ajudá-lo a previnir a dorzinha de ouvido causada pela pressão, além é claro daquele aconchego tão bem vindo em meio a tanto barulho. Serve chupeta ou mamadeira pra quem não puder amamentar.

2. Escolha bem o horário do vôo

Evite voar nos horários que seu bebê tem sono ou fome. Você já deve saber bem a rotina de seu filho e o humor dele perto de certos horários críticos. Prefira voar em um horário que é mais tranquilo para ele. Já é difícil pro bebê ficar preso no avião no colo numa poltroninha apertada, agora imagina se ele já estiver de mal humor por sono ou fome!?

3. Reforce a bolsa do bebê

Isso vale principalmente pros pequeninos. Minha filha era incrível, era passar no raio X da polícia federal que ela fazia cocô, mas não qualquer cocô, era aquele que vazava e sujava a roupa. Já teve viagem em que tivemos que trocar a roupa dela 3x! Então leve bastante fraldas e roupas.

4. Sling

Meu amado sling. Desço do avião e já amarro a bebê no corpo pra poder andar tranquila nos aeroportos. Útil principalmente quando viajo sem acompanhante adulto. Com ela no colo consigo tirar a parafernalia da esteira e colocar no carrinho.

bebe_sling_bagagem_esteirabebe_sling_congonhas

5. Tapetinho

Esse foi útil quando a minha filha ainda não estava engatinhando, mas também não era pequena pra ficar no colo o tempo todo, era ativa e queria se mexer. Foi útil quando tivemos que fazer uma escala longa e esperar no aeroporto. No nosso caso era uma Capulana trazida de Maputo, abrimos sem medo e deixamos ela rolar ali e espairecer.

tapete_chao_aeroporto_bebe

6. Marmitinha

Tem que levar quando for tomar aquele chá de aeroporto. Tenho um potinho térmico que é muito bom, ponho sopa ou macarrão quentinho e dura bem. Gosto de levar frutas picadas, garrafinha de água, biscoito de polvilho ou uma banana. Ou todas as opções juntas! Levo junto toalha de boca e um babador descartável.

7. A arte da distração

Distração, distração, distração. Vale a revista do avião, brinquedo, livro preferido – até apelar para o hipnotizante tablet. Tem vezes que os bebês simplesmente não param! E vá preparado pra isso acontecer no avião também.

8. Despachar ou não a parafernalia no check-in?

Pessoalmente, eu prefiro me livrar logo de tudo e ficar com a bebê só no sling. Aprendi duas coisas aqui. A primeira dura lição foi que não adianta pensar: “ah vou deixar ela aqui no bb conforto pra não acordá-la” – pois dali a 20 metros na polícia federal, você tem que tirar o bebê da cadeirinha/carrinho e passar segurando ele no detector de metais e passar a cadeirinha no raio-x. Ou seja, bebê vai acordar. Outra vantagem de despachar tudo antes, é que no balcão os atendentes vão embalar tudo no saco plástico para não sujar. Se você despacha na porta do avião, nem sempre embalam.bebe_conforto_despachar_check-in

9. Remédio pra dormir, vale a pena?

Eu nunca dei, mas conversei com o pediatra da minha filha e o que o pessoal dá é dramim infantil ou antistamínico. Porém ele falou que pode dar efeito contrário também e o bichinho ficar acelerado. Uma opção mais light é dar passiflora, um fitoterápico a base da flor de maracujá. Mas não confie em mim, converse com o pediatra do seu filho. (Atualização – no primeiro vôo internacional da pequena – de SP a Los Angeles – demos o Dramim e funcionou bem, sem stress)

10. Expectativas pessimistas

Vá pensando que a viagem vai ser horrível, pois aí o que vier será lucro haha 😉 Mas brincadeiras a parte, tudo pode acontecer. Já teve viagem em que minha filha dormiu o tempo todo, nem um piu! Mas teve viagem dela tocar o terror no avião além de fazer cocô no meio do vôo. Vá de coração aberto e mente paciente que vai dar tudo certo!

E você amiga-mãe-viajante, tem uma dica boa pra deixar aqui?!

Se Lança!

bebe_sling_embarcando_aviao

Veja estes outros posts que podem te interessar:

Como viajar bem e barato pelo mundo
Sua saúde e farmácia de viagem
15 dicas para uma viagem segura e saudável

02 Comments

  1. Sylvia Yano

    Que maravilhoso post. Quantas dicas legais. Coisas simples que a gente não se atenta e fazem a diferença. Muito obrigada

    Responder
    • Tati Barro

      Oi Sylvia, você tem razão, pequenos detalhes fazem toda diferença!
      Obrigada pelo comentário, Abraço

      Responder

LEAVE A COMMENT