5 dias pela Ilha Norte da Nova Zelândia
Nova Zelândia Oceania

5 dias pela Ilha Norte da Nova Zelândia

Se lança pra Ilha Norte da Nova Zelândia!

Como contei aqui neste outro post sobre a Nova Zelândia, passamos 5 dias apenas na ilha Norte dos quais escolhemos conhecer: Rotorua, Taupo e Auckland. E conforme prometido, agora vou contar em detalhe o que fazer, onde se hospedar e onde comer, em cada um desses lugares.

Chegamos a Auckland às 5am, pegamos o ônibus municipal logo na saída do aeroporto que nos levou até Manukau. Esse ônibus municipal (a cor dele é amarela) para exatamente em frente ao ponto onde o NakedBus passa, é só atravessar a rua.

Nós reservamos a passagem do NakedBus aqui do Brasil pelo site deles. Na hora você pode mostrar o código de reserva no seu celular mesmo, não precisa nem imprimir nada. Eles conferem tudo pelo celular deles também. Não há ticket físico, menos lixo pro planeta 🙂

ROTORUA

O que fazer em Rotorua?

Os passeios mais comuns nessa região são: Te PuiaWai-O-Tapu e os SPAs de piscinas termais da cidade. Nós não fomos a nenhum SPA, mas dizem que um dos melhores é o Polynesian Spa.

A cidade é bem bonitinha, cheia de jardins bem cuidados e muitas flores. Ela é famosa também por ter um cheirinho bem peculiar de nada mais nada menos que: enxofre, ou ovo podre, pra ser mais exata. Isso porque Rotorua está em uma região vulcânica.

Um local nos disse que Rotorua é a cidade mais próxima ao centro da Terra. Não averiguei se a informação procede ou não, achei mais legal acreditar que já fui ao lugar mais próximo que existe ao centro da Terra.

Chegando na cidade, pegue um mapa no seu hotel e vá bater perna. Em umas 7 horas de andanças pela cidade, almoçamos no Nando’s (matamos a saudade de Londres), andamos pelo centro comercial, pelo Lake Rotorua, tomamos sorvete na Lady Jane (famosa sorveteria da cidade), andamos pelo Kuirau Park  e fizemos compras de guloseimas locais no Countdown (acho que já falei em todos os posts sobre meu amor por esse supermercado, rs).

No dia seguinte, fomos ao Wai-o-tapu que é o maior parque geotermal da Nova Zelândia. Fica a 25km de Rotorua e chegar lá é muito fácil.

Se estiver de carro, coloque no GPS e seja feliz. Tem estacionamento no local e você pode comprar o ticket de entrada lá na hora. Se estiver como nós, de buzunga, todos os hotéis/hostels da cidade oferecem empresas que fazem o tour. Eles mesmos ligam na empresa do tour, reservam o dia e horário que você quiser e você paga ali no hotel mesmo. Nós pagamos 63nzd por pessoa.

waiotapu6

Wai-o-tapu, é uma palavra da língua Maori e significa “águas sagradas”. O parque está situado em uma grande depressão vulcânica – 18km aproximadamente, mas somente 3km dela esta aberta para visitação. Ao longos dos 3KM que podem ser percorridos, você vai encontrar piscinas borbulhentas de lama vulcânica, crateras onde você só enxergará uma fumaça fedida subindo, piscinas de ácido sulfúrico, coisas bem diferentes do que você esta acostumado.

O tour sai às 8 da manhã e faz uma parada antes de chegar ao parque para ver um geyser chamado Lady Knox. Este é o único geyser que irá ver se fizer apenas o passeio do Wai-o-tapu. Se quiser ver mais geysers, faça o passeio ao Te-Puia.

Este geyser é induzido a erupção diariamente e o “showzinho” é bem esquematizado. Todos ficam sentados em bancos que formam um semi círculo em volta da Lady Knox e pontualmente as 10h15 da manhã, um guia entra e começa a contar a história do descobrimento deste geyser. Depois, ele joga um sabão pelo tubo de ventilação do geyser, que faz com que comecem as erupções. Primeiro, uma água borbulhando começa a sair de dentro dele e de repente vira um jato d’água que pode chegar até 20m de altura. E assim fica por algum tempo.

O passeio por Wai-o-tapu dura 2h, portanto, por volta das 14h você já estará de volta a Rotorua. Na volta almoçamos no Fat Dog que recomendo super. Comi o Fat Steak sandwich, maravilhoso e depois fomos passear pelo jardim do Rotorua Museum.

FatDog Steak Burger_Rotorua

Quanto tempo ficar em Rotorua?

Nós chegamos de manhã, portanto passamos 1 tarde, 1 noite e no dia seguinte partimos as 17h para Taupo. Pro que queríamos fazer na cidade foi o suficiente, mas se você quiser entrar no museu e ir a algum SPA, por exemplo, fique pelo menos 2 noites.

TAUPO

O que fazer em Taupo?

Lá pelas 17hs do mesmo dia do passeio do Wai-o-Tapu em Rotorua, pegamos o Nakedbus e descemos um pouquinho mais até Taupo. São 81km ou 1h de viagem.

Nossa intenção era fazer o Tongariro Crossing no dia seguinte, por isso já descemos pra Taupo equipados de comida pra trilha do dia seguinte.

Chegando em Taupo, mesmo esquema do passeio ao Wai-o-tapu: a recepcionista ligou em uma das empresas que leva os turistas até a entrada do  Tongariro National Park onde a trilha começa e que depois te pega onde ela termina, 20km depois (se prepare!).

Pra nossa tristeza o parque não havia aberto no dia em que chegamos pois havia nevado no topo da montanha (isso porque fomos em março, final do verão na Nova Zelândia). Acordamos às 5h30 e para nossa tristeza eterna, havia nevado novamente e o parque não iria abrir.

Fiquei desconsolada, só descemos até Taupo pra fazer essa trilha; olhem as fotos do site oficial e entendam minha dor. Se tiverem a oportunidade, não deixem de incluí-la no seu roteiro. Já esta no meu para quando voltar pra NZ.

Alternativa pros azarados como nós: Huka Falls, são uns 7km de caminhada até a entrada do SPA PARK e uns 3km de trilha até a cachoeira. Seus 9 metros de abundante água azul-piscina é tão visitada que têm até site oficial, olha só.

Outras dicas em Taupo:

Skydive  Taupo – Saltar de paraquedas. A propaganda deles, é de que são o mais barato da NZ. Nós achamos tudo meio tabelado, todas as empresas de skydive cobram um preço de acordo a altura do salto. Depois de conhecer a Ilha Sul, vimos que o preçoxaltura em Taupo era realmente o lugar mais barato. Sem contar que deve ser lindo saltar aqui: vista pro Tongariro, Lake Taupo…

Taupo Bungy– Pra quem quiser se lançar antes de seguir a caminhada, esse Bungy fica no caminho indo pro Huka Falls. É um bungy desses que dá pra tocar a água do Rio Waikato que passa embaixo. A vista é linda.

Lake Taupo –  Passear pela beira do Lake Taupo também tem que estar no seu roteiro. Esse é o maior lago da Nova Zelândia. Aproximadamente 193Km (perímetro total) e o ponto mais fundo dele chega a 186 metros. É água que não acaba mais. Além de poder tomar um sol e um banho de água bem gelada, você pode tentar a sorte no golf. Hole In 1, é uma balsa que fica 102 metros de distância lago a dentro, com 3 buracos de golf de 30 a 50 cm de diâmetro. Se você acertar em qualquer um deles, pode ganhar 10mil nzd na hora. Boa sorte, nós só assistimos.

LakeTaupoPanoramic

Onde comer em Taupo?

Restaurante Portofino – O restaurante tem mais de 30 anos e é de dois irmãos italianos. Ambiente super aconchegante e como eles dizem: “hospitaliano”. Mas lembre-se de chegar cedo, se quiser jantar as 21h, provavelmente vai morrer de fome. A cozinha dos restaurantes na Nova Zelândia ficam abertas de18h à 20h, no máximo.

Fuel Burguer – na beira do Lake Taupo. Melhor hambúrguer que comemos na Nova Zelândia.

Beauty Bakery – No caminho para Huka Falls, tem essa padaria, super simples. Pegue uma pie pra ir comendo ou fazer um picnic lá na trilha. Comemos uma de frango com queijo muito boa.

Hell Pizza – Pizza honesta. Bom preço e gostosa pros padrões de pizza fora do Brasil. A proposta da pizzaria é muito engraçada, tudo tem a ver com cemitério e morte. Os nomes das pizzas, enfim… vale a passada para conhecer e se divertir um pouco com esse humor negro.

Quanto tempo ficar em Taupo?

Nós ficamos 2 noites, sendo apenas 1 dia inteiro (o dia que íamos no Tongariro) e metade do dia seguinte. O que foi uma pena, porque é uma cidade bem bonita e cheia de passeios incríveis além do Tongariro Crossing. Se você tiver mais dias, reserve pelo menos 2 dias completos para essa cidade. Se você chegar em Taupo à noite, como nós chegamos, reserve 3 noites na cidade para que possa ter esses 2 dias completos.

AUCKLAND

O que fazer em Auckland?

Voltamos pra Auckland na tarde deste dia que passeamos pelo Lake Taupo. São 278km e levamos 5h. O Nakedbus vai parando em umas cidades no caminho, deixando a viagem um pouco mais longa. Se você estiver de carro, umas 3h30 serão suficientes.

Como só tivemos uma manhã para desbravar Auckland, não tenho muita dica bacana para dar, mas o pouco que vi, me deixou com pena de ter reservado tão pouco tempo pra essa cidade.

Nosso hotel era pertinho da SkyTower e ela foi nossa escolhida.

Skytower é tão linda quanto eu imaginava, são 328m de altura e belezura. Tem dois pontos de observação, um a 186m e outro a 220m. Você poderá ver Auckland 360º, e de algumas partes do 1º deck de observação, poderá ver o solo a 186 metros dos seus pés através de pisos transparentes.

Auckland_Sky

Tem um café bem gostoso lá em cima e preço superacessível. Tomamos café e comemos um quiche muito bom. Do café, dá pra ver os doidos que se atiram lá de cima, presos por uma corda de aço. A aventura se chama SkyJump. São 225nzd pra cair 192metros.

E tem também o Skywalk, que é uma caminhadinha 360º, de leve, por uma estrutura de 1m de largura a 192 metros acima do solo….se lança lá, a gente preferiu só assistir…

Depois deste café da manhã nas alturas, fomos passear pela Queen street. É uma rua bem icônica que vai do Queen Wharf (porto) até o subúrbio em uma área residencial.  Sua parte principal está ali no centro da cidade, perto do porto, onde muitas lojas de designers locais, marcas internacionais e restaurantes de vários lugares do mundo dão um ar de cosmopolita à rua.

Se perca nela e nas ruas paralelas à ela: Lorne St e Upper Queen St, são imperdíveis.

Quem quiser, também tem a opção daquele ônibus turístico na cidade, que você pode subir e descer em vários pontos turísticos. É uma boa opção pra quem tem pouco tempo e quer ver o maxímo possível. Os bilhetes podem ser comprados com antecedência neste link. Custa mais ou menos 100 reais por pessoa.

Onde comer em Auckland?

Como disse antes, ficamos pouco tempo para podermos ter altas dicas, mas até que tivemos sorte em nossas escolhas. Comemos em um restaurante japonês chamado Renkon, um Miso Teriyaki Chicken dos deuses. Depois tomamos um sorvete na Giapo. Demais de boa essa sorveteira. Proposta super diferente, é tipo a alta costura do mundo dos sorvetes. E essa é a proposta deles mesmo “Haute Ice Cream”. Eles adornam cada sorvete de uma maneira diferente de acordo ao sabor escolhido e tem um crew super simpático. A foto abaixo fala por mim.

Giapo_icecream

Quanto tempo ficar em Auckland?

Quando voltarmos pra Nova Zelândia, com certeza ficarei pelo menos 4 dias nessa cidade. Acho que esse deve ser o tempo ideal para conhecê-la bem.

Onde se hospedar?

Na Nova Zelândia e na Austrália tem uma rede enorme de backpacker chamada Base, e é um dos melhores hostels que já ficamos. Nos hospedamos neles nas 3 cidades que ficamos na Ilha Norte. Todos são super bem localizados, limpos, com ótimos quartos para casal e preço justo. Reservamos pelo Booking.

Tem uma rede de hotel que recomendo também chamada Quality Inn. São muito bons e custam em média uns 20nzd a mais que um hostel. Ficamos em alguns na Ilha Sul e tem também na Ilha Norte, vale a pena considerar. Também reservados pelo Booking.

Emergências e Quanto (R$) você vai precisar para fazer essa viagem, veja neste outro post aqui.

E agora algumas fotos pra vocês terminarem de se convencer de que esta Ilha é DEMAIS e merece a sua visita:

Se lança…

Se lança nesses outros posts também:

Se lança pra Nova Zelândia, Djáh!

Guia de sobrevivência na Nova Zelândia.

10 dias pela Ilha Sul da Nova Zelândia.

Cavernas de Waiotomo.

Rarotonga, um paraíso nas Ilhas Cook.

Comentários

comments

03 Comments

  1. Adonis

    Olá,
    Gostaria de agradecer o blog por esse roteiro. Pois, estive na Nova Zelândia durante 6 dias e praticamente fiz o mesmo roteiro graças a esse texto, infelizmente também não consegui fazer tongariro, mas Taupo é uma cidade maravilhosa, uma dica é quando for no huka falls levar roupa de banho, pois no caminho se pode fazer spa de graça no próprio rio outra dica é em Auckland, onde se pode visitar o mount eden (vulcão inativo) que fica próximo da cbd, tendo a vista de 360 graus da cidade. Obrigado por relatar a experiência. Grande abraço, Adonis

    Responder
    • Tati Barro

      Olá Adonis, comentários como o seu nos deixam muito felizes! Bom saber que ajudamos um pouquinho com sua viagem! Obrigada por comentar aqui.

      Responder

LEAVE A COMMENT