Barcelona a Montserrat: o que é, como ir e mais
Barcelona Espanha Europa

Barcelona a Montserrat: o que é, como ir e mais

Fazer um bate e volta de Barcelona a Montserrat, a montanha mágica da Catalunha, pode ser um passeio bem surpreendente para quem vem passar mais de 5 dias em Barcelona ou pra quem já conhece a cidade.

Fui a Montserrat em 2009, mas confesso que não lembro de quase nada. Na época ainda não trabalhava com blog de viagem então não me sentia à vontade pra escrever sobre esse destino pra vocês.

Agora em Setembro de 2019, 10 anos depois de minha primeira visita a Montserrat, fui convidada pela Musement, site de venda de entradas para atrações turísticas e parceiro do blog, para ir revisitar Montserrat.

Amei a ideia de poder revisitar esse lugar tão famoso, com o olhar que tenho agora: um olhar atento de quem está indo conhecer um novo lugar, aproveitar a viagem,  se conectar com o lugar, mas também um olhar atento para dividir a experiência com vocês e inspirá-los a também realizar essa viagem.

Espero que até o final deste post eu consiga fazer vocês sonharem em conhecer esse lugar 😉
Depois me contem.

Neste post você verá:

O que é Montserrat?

Montserrat fica há 50km de Barcelona e é uma montanha, símbolo de orgulho para os Catalães, não só por sua peculiar formação rochosa, mas também porque é onde se localiza o Mosteiro de Montserrat, um ponto de peregrinação importante para os cristãos, que a converteu também em um ponto turístico.

Barcelona-a-Montserrat-montanha
Essa é a peculiar, complexa e intrigante formação rochosa de Montserrat. A da lateral direita parece a figura de uma mulher. Você vê?

O Mosteiro de Montserrat abriga a “Virgen de Montserrat”, padroeira da Catalunha. A virgem de Montserrat, também conhecida como La Moreneta, é uma santa negra, que segundo a lenda mais antiga, foi encontrada no ano 880 d.c por crianças pastoras, que viram uma forte luz vinda de uma cova da montanha de Montserrat.

Mas a verdade é que Montserrat é muito mais do que a história da Moreneta. Diversas lendas permeiam a história de Montserrat: de avistamentos OVNIS desde o século X até um suposto boato de que o Santo Graal esteve escondido aí.

São muitas histórias ao redor de Montserrat, umas mais realistas outras mais fantasiosas. O resultado final é uma montanha de formação rochosa peculiar, que inspirou lendas, histórias e até arquitetos do movimento modernista Catalão.

Tantas histórias que aportaram a Montserrat um quê de mágica que quando você está lá, consegue até sentir esse “não sei o quê” mágico mesmo. Pra mim, cética que sou, tem muito a ver com a geografia da montanha, a forma como a luz do sol que incide nela, o silencio da natureza… tire suas próprias conclusões.

Como é o passeio em Montserrat?

No geral, o passeio a Montserrat vale a pena para sair um pouco do caos turístico de Barcelona e poder ter contato com um lado mais natureza da Catalunha.

Não é um passeio que indico se você tiver menos de 5 dias em Barcelona, pois ainda acho que conhecer bem Barcelona deve ser sua primeira opção se for a primeira vez na cidade. Mas, para quem já conhece Barcelona, recomendo sim desbravar este outro lado do estado.

Fizemos um bate e volta de Barcelona a Montserrat a convite da Musement. O tour é operado pela agência de viagens Juliá Travel, que realiza diversão excursões na Catalunha. O que vou descrever aqui é como é o passeio a Montserrat a partir da experiência vivenciada neste tour.

Com o voucher do tour no celular, chegamos a agência Juliá Travel, no centro de Barcelona 15 minutos antes do horário de inicio do tour. É preciso chegar com um pouco de antecedência mesmo, pois precisa passar pelo balcão de atendimento para fazer “check in”.

O ônibus saiu pontualmente às 15h. De Barcelona a Montserrat são 45min de ônibus e durante o caminho você não fica entediado porque a guia vai contando curiosidades sobre a cidade de Barcelona por onde o ônibus vai passando, como, por exemplo, a fundação do bairro do eixample, pontos interessantes para conhecer na avenida Diagonal, até pegarmos a estrada.

O tempo passa bem rápido no ônibus e a primeira arada é a cidade Monistrol de Montserrat de onde se pega o trem Cremallera (que significa zíper) até o topo da montanha de Montserrat.

Barcelona-a-Montserrat-trem-cremallera
Estação Monistrol de Montserrat, onde descemos do ônibus e trocamos para o trem cremallera que sobe até o mosteiro

Uma vez no trem, foram mais 15min até chegar ao mosteiro. Chegamos no mosteiro às 16h30 da tarde. A guia nos entregou um mapa e explicou brevemente o que se podia ver ali na montanha: a basílica, o museu de Montserrat, a trilha até a cruz de Sant Miquel e os funiculares Sant Juan e Santa Cova que nos levam a 2 pontos ainda mais altos na montanha. Também há uma loja de venda de produtos feitos pelos monges e um restaurante.

Como você pode ver, há mais atrações na montanha, além da basílica que tornou Montserrat um destino turístico. E aqui é o primeiro e único ponto de melhoria que eu apontaria para este tour. Chegamos as 16h30 e tínhamos até as 18h05 para “conhecer” Montserrat e voltar pro ônibus. Ou seja, menos de 2h pra ver tudo. Achamos muito corrido e óbvio, não deu pra ver tudo como descrevo a seguir.

Dentro da basílica está a imagem da La Moreneta e esse é a principal atração de milhares de fiéis que chegam a Montserrat todos os anos. No entanto, todo principal ponto de atração tem o que? Muita fila!

Barcelona-a-Montserrat-mosteiro-montserrat
A esquerda a maravilhosa entrada da igreja de Montserrat e a direita a fila para dar um oi pra Virgem de Montserrat, a La Moreneta.

Por isso, nós decidimos ir primeiro fazer a trilha até a cruz de Sant Miquel para ver a vista de Montserrat na esperança de na volta, ter menos fila. Já os funiculares Santa Cova, Sant Joan e o Museu de Montserrat, todas atrações pagas a parte, desistimos diretamente, porque não daria tempo.

Barcelona-a-Montserrat-mirador-sant-miquel
Mirador de Sant Miquel visto desde a igreja de Montserrat

A trilha é fácil, 30 minutos caminhando rápido com poucos trechos de subida. A vista panorâmica de Montserrat desde o mirador de Sant Miquel é linda e vale a pena. Se vê todo o mosteiro e o vale onde se localiza a montanha.

Barcelona-a-Montserrat-sant-miquel
Vista do Mirante de Sant Miquel para a montanha de Montserrat e todo o complexo onde se encontra a igreja.

Na volta do mirador, chegamos novamente na basílica que estava ainda mais lotada. Não deu certo nosso plano de pegar menos fila para ver a Moreneta, por isso, acabamos optando por apenas entrar na basílica e ver a imagem de longe mesmo.

Barcelona-a-Montserrat-la-moreneta
Imagem da La Moreneta, vista de dentro da basílica e não pela acesso lateral onde você pode pegar a fila pra ir até a santa e tocá-la.

Como estávamos curtos de tempo, ficamos uns 5 min dentro da igreja, depois passamos na lojinha, “La Botiga” para provar os licores feitos pelos monges e brinde do tour da Musement e já seguimos em direção ao ônibus.

Chegamos de volta a Barcelona às 20h, totalizando 5 horas de passeio, dos quais na região do Mosteiro de Montserrat mesmo foram menos de 2 horas como comentei acima.

Vantagens de fazer esse tour:

  • Você não precisa se preocupar com nada. Você é conduzido até Montserrat com segurança e conforto.
  • Você não precisa pagar nada extra: o trem cremallera, por exemplo, já está incluso no valor total do tour.
  • A guia te conta curiosidades sobre Barcelona e sobre Montserrat que você não saberia se fizesse o passeio por conta e/ou tivesse lido muitos blogs, rs
  • É um passeio tranquilo e cômodo. Não tem stress com nada, a guia está super atenta a necessidade de cada um do grupo e não tem como se perder.
  • Recomendo esse tour para quem pessoas de idade, famílias com crianças ou casais mais jovens que queiram apenas dar uma olhadinha, não necessariamente explorar tudo o que tem pra fazer por lá.
  • Pra quem está fazendo um bate e volta desde Barcelona, esse tour ocupa apenas um período do dia, ou seja, na parte da manhã até as 15h você pode fazer sua programação por Barcelona normal.

Desvantagens de fazer esse tour:

  • Pro meu ritmo e pra minha forma de turistar, com calma podendo observar o local e explorar a região, achei curto de tempo. Uma vez na montanha, o tour deveria ser de pelo menos 3h para podermos explorar a área.

Eaí, o que achou dessa minha experiência em Montserrat? Eu gostei, só achei que poderia ter durado um pouco mais.

Como ir de Barcelona a Montserrat?

Há algumas opções para ir de Barcelona a Montserrat além da maneira como eu fui, por isso vou listar todas para que você saiba quais opções tem pra escolher.

Pesquisando mais no site da Musement descobri que há ainda outras ofertas de tours Barcelona a Montserrat, que duram mais tempo, uns até com brunch na montanha.

Além dos tours guiados, você pode optar por ir por conta a Montserrat.
Confesso que é um pouco confuso, você vai precisar estar bem atento no caminho todo, mas não é impossível.

O melhor jeito para ir de Barcelona a Montserrat por conta é:

Ir até a estação de metrô Praça Espanha em Barcelona, dentro da própria estação seguir as placas em direção a R5. A placa está sinalizada com os dizeres: “to Montserrat”, bem evidente. Chegando na área dos trens, ir até a cabine de informações para comprar as passagens, já que nas máquinas automáticas você pode se confundir com a quantidade de opções e combos possíveis.

Porque é confuso? Porque você precisa pegar mais de um transporte para chegar. Além do trem normal que te levará até o pé da montanha, você precisa comprar também o meio de locomoção que vai te levar até lá em cima da montanha, onde está o mosteiro.

Há 2 opções para subir a montanha em transporte público: trem cremallera e áeri (bondinho).
Cada um é operado por uma empresa e cada um tem um ponto de partida diferente, por isso é preciso estar atento.

Trem cremallera:
Se você escolher trem cremallera, você vai comprar uma passagem de trem de Barcelona a Monistrol de Montserrat  e depois trocar pro trem cremallera pra subir a montanha. Lembrando que o valor do trem cremallera é a parte. Veja aqui valor atualizado do trem cremallera.

Dica: sente do lado esquerdo do trem na subida pra ter melhores vistas da montanha.

Barcelona-a-Montserrat-cremallera-trilho
O nome cremallera, significa zíper e esse nome é por conta do sistema dos trilhos do trem que tem formato de zíper como você pode ver nessa foto.

Aeri de Montserrat:
Se você escolher a opção aeri, você precisa comprar uma passagem de Barcelona a Montserrat-Aeri e depois trocar pro bondinho, pago a parte do trem. A estação Montserrat Aeri fica uma estação antes da Monistrol de Montserrat (do trem cremallera), então atenção aqui também pra não descer errado. Veja aqui os valores atualizados para o Aeri.

Barcelona-a-Montserrat-aeri
Esse é o bondinho chamado Aeri de Montserrat, ele liga a estação Montserrat-Aeri até o Mosteiro de Montserrat

Pronto, uma vez embarcados no trem cremallera ou no aeri, em pouco minutos você chegará ao mosteiro de Montserrat, de onde poderá desfrutar das vistas e de tudo o que o passeio oferece.

Vale mencionar que os funiculares Santa Cova e Sant Joan, que levam aos pontos mais altos da montanha, passando o mosteiro, são pagos a parte também e os tickets podem ser comprados na hora.

Quando ir a Montserrat?

Montserrat pode ser visitada durante o ano todo, em qualquer dia da semana. Nos feriados e finais de semana é mais cheio porque além de turistas estrangeiros, muitos catalães costumam ir passear na montanha. É comum ver famílias fazendo as trilhas com cachorros, por exemplo.

Consulte aqui os dias da semana e horários de abertura de atividades de Montserrat.

Como se trata de uma montanha, é importante lembrar que a temperatura é diferente da temperatura na cidade. Vale levar uma blusinha leve de frio, mesmo no verão.

Pras meninas quem forem visitar Montserrat no verão, lembrem-se que, assim como em qualquer igreja, saias, shorts curtos e blusas decotadas não são bem adequados, sendo até proibida a entrada.

barcelona-a-montserrat-setembro
Na hora de pensar no look Montserrat, nada de decotes 😉

Dicas extras

Neste post contei pra vocês como foi minha experiência de bate de volta de Barcelona a Montserrat, como viram tem muitas atividades que podem ser feitas na região e caso você tenha mais tempo no cronograma da sua viagem ou estiver fazendo uma viagem de carro pela Catalunha, dormir em Montserrat pode ser uma opção a se considerar.

Neste caso, deixo aqui algumas das poucas opções de hospedagem em Montserrat:

Hotel Abat Cisneros Montserrat: é o único hotel na montanha, de frente pro Mosteiro de Montserrat.

Alberg Abat Oliba: localizado em Montserrat, a 600 metros de Aeri de Montserrat, é um hostel (albergue), de quartos compartilhados, equipado com cozinha e banho privado.

Veja a seguir alguns posts sobre Barcelona que podem ajudar a planejar sua viagem:

Onde ficar em Barcelona: melhores bairros para se hospedar
Onde esquiar perto de Barcelona
Como visitar o estádio do Barcelona, o famoso Camp Nou
Roteiro de 3 dias em Barcelona
Onde comer tapas em Barcelona
Roteiro de 1 dia em Barcelona
10 lugares para conhecer em Barcelona
Como ir do aeroporto ao centro de Barcelona
5 melhores praias perto de Barcelona na Costa Brava
Praias perto de Barcelona: as melhores e como chegar
Seguro de Viagem Internacional – vale a pena?

Dê uma olhada também em nosso exclusivo Guia de Viagem Se Lança para Barcelona e tenha no seu celular todas as dicas para desfrutar de tudo o que Barcelona tem a oferecer.

 

~ Se Lança ~

 

Nota: O Se Lança fez o tour a Montserrat a convite da @musement. Este é um conteúdo patrocinado que não interfere nas opiniões expressas no texto.

 

~ Se Lança ~

Deixe uma resposta