Cape Agulhas, o encontro dos Oceanos Índico e Atlântico
África do Sul Descubra mais Garden Route

Cape Agulhas, o encontro dos Oceanos Índico e Atlântico

Cape Agulhas é um lindo local onde os grandes oceanos se encontram, o Oceano Atlântico e o Oceano Índico. É também considerado o ponto mais ao sul de todo continente africano.

Um fato curioso é que onde a Corrente Marítima Agulhas encontra a Corrente Benguela varia sazonalmente! No entanto, a International Hydrographical Organisation demarcou Cape Agulhas como o ponto oficial.

Muita gente acha que vai chegar lá e ver duas águas diferentes se encontrando, tipo o Rio Negro e Solimões, mas não é bem assim… É imperceptível ver no mar o encontro das águas. No entanto tem uma placa super legal demarcando o ponto, e que dá uma foto bacana! Olha aí:

duas pessoas na placa de cape agulhas
Nossos tios e leitores do blog em Cape Agulhas!

Como chegar em Cape Agulhas

A melhor maneira de chegar é de carro (nós usamos a RentCars), mas pra quem não está dirigindo na África do Sul, tem outras opções. Aqui falaremos como incluir Cape Agulhas no seu roteiro, ou fazer uma viagem de 1 dia para lá.

1 – Bate e Volta de Cape Town

É possível fazer um bate e volta para Cape Agulhas de Cape Town, leva entre 2,5 a 3 horas de viagem, ou seja, uma pernada! (O que fazer na Cidade do Cabo, melhores dicas reunidas). Veja o mapa abaixo, pela estrada N2 e R316 são 223 kms. Se optar pos fazer este passeio, separe um dia inteiro para fazer essa visita.

2 – Incluir no Roteiro da Garden Route

É possível também incluir este ponto no seu roteiro na Rota Jardim, mas vai desviar bastante dele, principalmente quem está vindo de Swellendam.

3 – Incluir no roteiro pelo Cabo

A Flávia incluiu Cape Agulhas em uma viagem pelo Cape passando em Hermanus e Gansbaai. Outra opção de roteiro para quem não vai fazer a Garden Route mas quer conhecer um pouco mais da região do Cabo.

4 – Com operadoras de turismo

Existem operadoras de turismo que podem te levar saindo de Cape Town. Veja estes dois tours:

Este tour (link aqui) leva 9 horas entre viagem e passeio. Custa 125 euros por pessoa e inclui a entrada no Museu do Naufrágio em Bredasdorp. É um passeio de carro que passa em lindas estradas cênicas, a Sir Lowry’s pass na ida e a Clarence Drive na volta. Além de conhecer a cidade de Caledon.

Pra quem quer um passeio bem patrão, bem top, pode ir de helicóptero (link aqui)! Custa 150 euros por pessoa e sobrevoa também a cidade de Cape Town, a Table Mountain e outros pontos turísticos.

mapa_cape_town_para_cape_agulhas

O que visitar e ver em Cape Agulhas

Chegando lá, é claro que não tem como não amar, a paisagem é linda!

Neste post veremos fotos de dois passeios, dos nosso tios (acima) e da Flá. Um dia nublado e outro dia de sol. Cape Agulhas é lindo de qualquer jeito.

Lá tem um farol antigo que vale a pena conhecer. São 71 degraus de uma escadinha que não é prá todo mundo… A vista 360º de lá de cima é bem bacana também! Custa 28 rands para subir.

farol_cape_agulhas

Do farol até o ponto de encontro dos oceanos é uma caminhada de 1000m, mas é tranquilo pois tem um tablado de madeira e a caminhada é confortável. Prá quem não quer ou não pode caminhar, dá prá ir de carro por uma estradinha de terra que chega até lá. Tem um estacionamento junto ao farol que costuma ficar bem vazio.

caminho_do_farol_ate_placa_cape_agulhas

Continue andando e você vai se deparar com esta carcaça do navio Meisho Maru. É um naivo japonês, que estava carregado de atum, e se acidentou na costa em 1982. Olhem esta foto antiga, tirada em 1987 e compare com o estado atual do navio. É incrível ver a atuação da força do mar.

É possível chegar a pé, dá 1 a 1.5 kms de caminhada da placa dos oceanos, ou então dirigir pela estrada de terra que costeia o mar. A estrada é bem conservada, tranquila de usar. O sentido é em direção à Suiderstrand.

Viagem de volta a Cape Town

Pra quem tiver disposição e tempo, na viagem de volta é possível passar pela Clarence Drive. Esta é uma das estradas mais bonitas da África do Sul. São 22 kms entre Rooi-Els e Gordon’s Bay. Você dirige costeando o mar e com as montanhas te acompanhando. Olha essa linda foto do Blog do Craig Lotter, parece propaganda de moto né!?


Este é o mapa da rota, que te acrescentará 1 hora de viagem do que se fosse pela N2. Outra pernada, é pra quem curte estrada mesmo…

mapa_cape_town_para_cape_agulhas_passando_clarens_drive

De qualquer maneira, essa região do Cabo e o Parque Cape Agulhas são lugares bem bonitos. Pra quem vai ficar bastante dias em Cape Town, pode considerar fazer esse passeio bate-e-volta, ou então um roteiro de alguns dias dormindo em Hermanus, mergulhando com tubarões em Gansbaai, indo a Cape Agulhas e até De Hoop se for época de ver baleias.

Se Lança…

Outras posts que podem te interessar:

Viajar para a África do Sul – Post Índice
O que fazer na Cidade do Cabo, melhores dicas reunidas
Cape Town – além do roteiro tradicional
Franschhoek e Stellenbosch, melhor região de vinícolas do mundo
Roteiro da Garden Route, dirigindo desde Joanesburgo
Vale a pena alugar carro na África do Sul?
Safari no Kruger Park, África do Sul
Pilanesberg, safari a somente 2 horas de Joanesburgo

Dê uma olhada no nosso Guia Se Lança pra África do Sul:

[products ids=”3484″]

LEAVE A COMMENT