Como tirar sua Permissão Internacional para Dirigir (PID)
Dicas

Como tirar sua Permissão Internacional para Dirigir (PID)

Primeira Pergunta: Devo dirigir no país que estou visitando?

Essa pergunta pode ser vista sobre vários aspectos, do ponto de vista financeiro, de aventura, da infra-estrutura do país, de segurança e da confiança do condutor. Em alguns países, como a África do Sul, é mais barato e muito mais prático alugar um carro por falta de transporte público, por outro lado, na África do Sul dirige-se na mão inglesa, então pode ser que o condutor não se sinta confiante para dirigir no país.

Outros exemplos contrários, são os países Europeus, que possuem excelente infra-estrutura de transporte público e alugar um carro é caro, mas se o viajante quer alugar um carro pra viajar com liberdade de um lugar para o outro, esse seria seu critério.

Ou seja, a resposta para essa pergunta dependerá de vários fatores.

PID – O que é?

É um documento que possibilita que o condutor brasileiro dirija em outro país.

Como tirar a carteira de motorista internacional?

Para obter a permissão o condutor deverá possuir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), devendo esta estar vigente e sem pendências. Deverá apresentar, além da CNH, o comprovante de residência e os documentos de identificação (RG e CPF) – e pagar a devida taxa.

Algumas unidades do DETRAN nos Estados permitem que a PID seja solicitada pela internet, você paga uma taxa e eles enviam o documento pelos correios. Outros exigem que seja feito em pessoa na unidade do DETRAN.

Cada DETRAN tem suas próprias regras, confira abaixo como funciona em seu estado.
Os preços também variam de estado para estado, sendo o mais barato R$ 57.60 no Rio Grande do Sul e o mais caro R$ 275.77 em São Paulo.

Acre Maranhão Rio de Janeiro
Alagoas Mato Grosso Rio Grande do Norte
Amapá Mato Grosso do Sul Rio Grande do Sul
Amazonas Minas Gerais Rondônia
Bahia Pará Roraima
Ceará Paraíba Santa Catarina
Distrito Federal Paraná São Paulo
Espírito Santo Pernambuco Sergipe
Goiás Piauí Tocantins

Outras informações

Validade: A PID tem a mesma validade que sua CNH (alguns Detrans limitam a validade da PID em 1 ano ou 180 dias, mas a maioria diz que tem a mesma validade que sua CNH).
Restrições Médicas: são as mesmas que na sua CNH.
Idioma: informações em Português e outros idiomas seis (alemão, árabe, espanhol, francês, inglês e russo).

Outros cuidados

Ao usar a PID, porte sempre seu passaporte com o carimbo de entrada no país de visita. Se for parado por um guarda, apresente primeiro a PID e se solicitado o passaporte com visto/carimbo de entrada.

Atenção! A PID deixa de ser válida quando o titular fixa residência no país terceiro. Nesse caso, cada país estipula as regras para a obtenção da habilitação local, que podem ou não incorporar acordos bilaterais ou outros procedimentos previstos na legislação nacional.

Quais países posso usar a carteira de motorista internacional?

África do Sul, Albânia, Alemanha, Anguila (Grã Bretanha), Angola, Argélia, Argentina, Arquipélago de San Andres Providência e Santa Catalina (Colômbia), Austrália, Áustria, Azerbaidjão, Bahamas, Barein, Bielo-Rússia, Bélgica, Bermudas, Bolívia, Bósnia-Herzegóvina, Bulgária, Cabo Verde, Canadá, Cazaquistão, Ceuta e Melilla (Espanha), Chile, Cingapura, Colômbia, Congo, Coréia do Sul, Costa do Marfim, Costa Rica, Croácia, Cuba, Dinamarca, El Salvador, Equador, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, Federação Russa, Filipinas, Finlândia, França, Gabão, Gana, Geórgia, Gilbratar (Colônia da Grã Bretanha), Grécia, Groelândia (Dinamarca), Guadalupe (França), Guatemala, Guiana, Guiana Francesa (França), Guiné-Bissau, Haiti, Holanda, Honduras, Hungria, Ilha da Grã-Bretanha (Pitcairn, Cayman, Malvinas e Virgens), Ilhas da Austrália (Cocos, Cook e Norfolk), Ilhas da Finlândia (Aland), Ilhas da Coroa Britânica (Canal), Ilhas da Colômbia (Geórgia e Sandwich do Sul), Ilhas da França (Wallis e Futuna), Indonésia, Irã, Iriã Ocidental, Israel, Itália, Kuweit, Letônia, Líbia, Lituânia, Luxemburgo, Macedônia, Martinica (França), Marrocos, Mayotte (França), México, Moldávia, Mônaco, Mongólia, Montserrat (Grã Bretanha), Namíbia, Nicarágua, Níger, Niue (Nova Zelândia) Noruega, Nova Caledônia (França), Nova Zelândia, Nueva Esparta (Venezuela), Panamá, Paquistão, Paraguai, Peru, Polinésia Francesa (França), Polônia, Porto Rico, Portugal, Reino Unido (Escócia, Inglaterra, Irlanda do Norte e País de Gales), República Centro Africana, República Checa, República Dominicana, Republica Eslovaca, Reunião (França), Romênia, Saara Ocidental, Saint-Pierre e Miquelon (França), San Marino, Santa Helena (Grã Bretanha), São Tomé e Príncipe, Seichelles, Senegal, Sérvia, Suécia, Suíça, Svalbard (Noruega), Tadjiquistão, Terras Austrais e Antártica (Colônia Britânica), Território Britânico no Oceano Índico (Colônia Britânica), Timor, Toquelau (Nova Zelândia), Tunísia, Turcas e Caicos (Colônia Britânica), Turcomenistão, Ucrânia, Uruguai, Uzbequistão, Venezuela e Zimbábue.

04 Comments

  1. Clayton

    Mto útil essa dica vlw!!!

    Responder

LEAVE A COMMENT