Como viajar para Moçambique – Guia de Sobrevivência
África Moçambique

Como viajar para Moçambique – Guia de Sobrevivência

Moçambique é um país lindo, que ainda será descoberto pelos turistas. Este ano foi chamada de “Riviera Africana” pelo jornal Daily Mail. No entanto, viajar para Moçambique pode parecer um pouco assustador, ou aventureiro demais para alguns.

Neste post vamos desmistificar isso e mostrar como é simples conhecer esta terra de nossos irmãos lusófonos. Você ficará supreendido de perceber o quanto nós brasileiros nos sentimos “em casa” em Moçambique.

Visto de entrada em Moçambique

Antigamente era possível viajar para Moçambique sem visto prévio e emitir um visto de fronteira ao chegar no aeroporto. Hoje a regra mudou, brasileiros precisam pedir o visto previamente no Brasil. Para fazer isso, é preciso enviar a documentação solicitada à Embaixada Moçambicana em Brasília.

O processo de visto dura mais ou menos 10 dias úteis, depois que a documentação chegar à Embaixada. Os documentos podem ser enviados e devolvidos pelos correios, então é preciso postar um envelope para o retorno, além de pagar a taxa de 50 reais ou 70 reais para sedex 10. A lista completa dos documentos e o formulário podem ser encontrados no site da Embaixada.

O visto simples custa 250 reais e o de múltiplas entradas 600 reais. O visto simples garante direito de entrada apenas 1x no país e tem duração de 30 dias. Ou seja, se você quiser voltar à Moçambique, precisará pedir outro visto ou possuir o visto de múltiplas entradas. Caso saiba de antemão que irá entrar mais de 1x, deverá sair do Brasil com o visto de múltiplas entradas. Este geralmente tem duração de 3 meses enquanto o visto simples tem validade de apenas 30 dias.

IMPORTANTEQuem tem apenas o visto simples, não pode ir ao Kruger na África do Sul, pois não poderá retornar à Moçambique. Saiu do país, o visto simples não vale mais.

Como chegar

Companhias aéreas

As principais companhias aéreas que voam para Moçambique são a South African Airlines, a Ethiopian, a Qatar, e a LAM. A LAM é a companhia aérea nacional com vários destinos domésticos.

Do Brasil para Moçambique é melhor voar com a South African até Joanesburgo, é um vôo direto de Guarulhos que dura entre 8 e 9 horas. Depois pegar um vôo de Joanesburgo para Maputo, pela própria South African ou LAM – que são parceiras. Este vôo é bem rápido, não chega a durar nem 1 hora.

Como ir de ônibus da África do Sul para Moçambique

É possível ir de ônibus para Maputo saindo de Joanesburgo ou saindo de Nelspruit. Tem várias empresas que fazem o percurso Joanesburgo-Maputo. Nós conhecemos a Greyhound e Intercape – ambos são bons. O ônibus sai 7:30 da manhã de Joburg e chega por volta das 17 horas em Maputo – dependendo da movimentação na fronteira. O ônibus noturno sai às 22:00 e chega às 9:30. Os preços vão de 290 a 400 rands. É possível comprar online.

É bom também levar lanche e água, embora tenha uma parada de uns 20 minutos em Malalane para o lanche. Não se esqueça que precisa ter o visto em mãos.

Na fronteira o passageiro faz a travessia a pé e faz todo o trâmite de fronteira, voltando ao ônibus do outro lado. É sempre bom ficar esperto pra não ficar pra trás. Contudo, é uma viagem segura e sem problemas.

Telefone

Telefonia móvel é excelente em Moçambique, posso afirmar pois trabalhei com isso durante 2 anos no país 😉

É possível comprar um SIM Card nas lojas das operadoras para utilizar durante sua estadia. Recomendo usar a Vodacom que tem a maior cobertura. O crédito você compra nas lojas ou dos ambulantes na rua usando os coletes de qualquer operadora.

Segurança

De maneira geral, Moçambique é um país seguro. Não há grande violência urbana.

Seguro de Viagem 

Não é obrigatório para entrar em Moçambique. No entanto, é sempre bom viajar assegurado né. Aquele tipo de coisa que ninguém que usar, mas é bom ter, não se brinca com saúde! Nós usamos o site Seguros Promo, que faz comparação de preços de vários seguros. (Se você não sabe o que é um seguro de viagens, leia este post aqui).

Na Seguros Promo você pode pagar em 12x no cartão ou ter 5% de desconto pagando no boleto.

E, tem mais…

Nossos leitores tem direito a um desconto de 5% (adicional ao do boleto). É só inserir o cupom SELANCA5 pra ganhar. Ou seja, fica bem acessível contratar este serviço para viajar tranquilo. Clique aqui para fazer sua cotação.

Prevenção contra a Malária

Moçambique tem alto risco de malária, e isso é muito sério. É importantíssimo para o turista tomar todos os cuidados de prevenção. Em Maputo o risco é menor, mas em qualquer outro lugar, principalmente ao norte do país, o risco de contrair malária é alto.

O que fazer:

  • Usar roupas de manga longa e calça comprida, principalmente de manhã e no fim do dia.
  • Usar repelente comprado na África.
  • Dormir com rede mosquiteira. A maioria dos hoteis (fora de Maputo) tem.

Quando você voltar ao Brasil, se tiver sintomas, corra para o hospital e diga que você tem malária. Não espere pra ver se é gripe, tem que ir logo pro hospital para medicar no começo. Malária é muito sério.

Dinheiro

Por Moçambique possuir muitos estrangeiros, trocar dinheiro não é difícil. É possível trocar Reais por Meticais, ou Dólares e Euros – o que for mais fácil para você. Tem uma casa de câmbio na saída do Desembarque no Aeroporto internacional de Maputo e outra casa de câmbio na Avenia Mso Tse Tung, próxima do Hotel Polana.

Trânsito, Direção e Transporte

O trânsito em Maputo nos horários de rush pode ser bem ruim, e os motoristas não são os melhores do mundo… mas dá pra dirigir numa boa em Moçambique, só prestar atenção.

A estrada EN1 que cruza toda costa do país é boa em geral. O máximo que eu dirigi foi até Tofo, e a estrada estava muito boa.

O maior cuidado que se deve ter são com as blitz, tem pela cidade toda e na estrada principalmente atrás daquela placa de redução de velocidade. É bom estar 100% de acordo com as leis de trânsito para não arrumar confusão. Ou seja, dois coletes refletores, 2 triângulos, andar de cinto de segurança e respeitar velocidade, documentação em dia e etc.

Em geral, quando você é parado pela polícia de trânsito (que usa unifome branco) não tem estresse. Se você for parado pelos policiais militares (uniforme verde/cinza) eles podem te dar um pouco de dor de cabeça com o intuito de conseguir “um refresco”. Por isso da importância de não dar nenhuma brecha.

Alugar carro em Moçambique costuma ser bem caro, mas você pode cotar na RentCars.

A carteira de motorista internacional é aceita em Moçambique e deve ser portada junto com o passaporte que contém seu visto de entrada. Veja neste post como tirar a PID – permissão internacional de direção.

Andar de taxi em Maputo é muito tranquilo e seguro também. Nas outras cidades, arrumar um taxi não será uma missão tão fácil. Tem que pagar com dinheiro em espécie e é bom combinar o valor antes da corrida.

Outras dicas gerais em Moçambique

Aproveite o que Moçambique tem de melhor, esse país é abençoado pela natureza, com lindas praias. Além das praias, Maputo é uma cidade vibrante com muitas opções de restaurantes (lista de 10 restaurantes aqui) e vida noturna. Veja neste post um roteiro de 1 dia em Maputo.

Os moçambicanos são alegres, mas às vezes receosos com estrangeiros (com razão, dada a história deles), tem que conquistar a confiança primeiro.

Veja aqui opções de hospedagem em Maputo.

Se Lança…

Veja estes outros posts que podem te interessar:

Maputo City Tour
10 melhores restaurantes de Maputo (com endereço!)
Macaneta, a praia mais próxima a Maputo
Tudo sobre a Ilha de Moçambique
Tofo, paraíso do mergulho em Moçambique
O que visitar na Suazilândia em 2 dias
Onde dormir em Nelspruit – 5 sugestões de hoteis e pousadas

Dê uma olhada no nosso Guia Se Lança pra África do Sul:

Comentários

comments

LEAVE A COMMENT