Viajar para a África do Sul – Post Índice

Viajar para a África do Sul vale muito a pena! Pode parecer difícil, mas não é. Morei na África mais de 3 anos e sou apaixonada por este lindo país.

Aqui no blog tem MUITA dica de turismo e do que fazer na África do Sul, como chegar, como se virar, onde dormir, onde comer e muitas dicas de passeios e atrações turísiticas.

Este post é um índice de tudo que tem por aqui pra te ajudar a navegar e curtir ao máximo sua viagem para a África do Sul.

DICAS GERAIS NA ÁFRICA DO SUL

Como se virar na África do Sul
Vale a pena alugar carro na África do Sul?
Roteiro de 2 semanas na África do Sul
É seguro viajar para a África do Sul?
Seguro de Viagem Internacional – vale a pena?

CAPE TOWN / CIDADO DO CABO

O que fazer na Cidade do Cabo, melhores dicas reunidas
Cape Town – além do roteiro tradicional
Praias de Cape Town
Mergulhando com tubarões brancos na África do Sul
Onde ficar em Cape Town
Onde fazer Safari perto de Cape Town
Onde comprar diamantes em Cape Town

VINÍCOLAS

Franschhoek e Stellenbosch, melhor região de vinícolas do mundo
10 melhores vinícolas de Stellenbosch
5 melhores vinícolas de Franschhoek
Constantia, vinícolas pertinho de Cape Town
3 melhores vinícolas em Paarl
3 vinícolas para ir com crianças na África do Sul
Vinícola Spier: Onde ficar em Stellenbosch

VINHOS SUL-AFRICANOS

10 vinhos tintos bons e baratos para tomar na África do Sul
10 vinhos brancos bons e baratos para tomar na África do Sul
7 Melhores Vinhos Sul-Africanos

JOANESBURGO, PRETORIA

Turistando em Joanesburgo
Onde comer em Joanesburgo – 8 sugestões de restaurantes
Onde ficar em Joanesburgo
Pretoria
Sun City Hotel, o que fazer
Museu do Apartheid em Joanesburgo

SAFARIS

Safari no Kruger Park, África do Sul
Onde ficar no Kruger
Pilanesberg, safari a somente 2 horas de Joanesburgo
Madikwe
Onde fazer Safari perto de Cape Town
Onde fazer safari na África do Sul
Safari com criança na África do Sul: Aquila Private Reserve

GARDEN ROUTE / ROTA JARDIM

Roteiro de 5 dias na Garden Route
Mossel Bay
Swellendam e De Hoop
Knysna, equilíbrio perfeito entre Mar e Montanha
Saltar de Bungee Jump na África do Sul
Roteiro da Garden Route, dirigindo desde Joanesburgo.
Cape Agulhas, o encontro dos Oceanos Índico e Atlântico
O que fazer em Plettenberg Bay na Garden Route
George, a maior cidade da Garden Route

OUTROS CAMINHOS NÃO TÃO TRILHADOS

Panorama Route
Onde dormir em Nelspruit – 5 sugestões de hotéis e pousadas
Ballito, praia tranquila próxima a Durban
Drakensberg

RESTAURANTES

Os 10 melhores restaurantes da África do Sul 2016
Os 10 melhores restaurantes da África do Sul 2017

ESTUDAR INGLÊS NA ÁFRICA DO SUL

Vale a pena estudar inglês na África do Sul?
Dicas práticas de intercâmbio na África do Sul

Ou melhor ainda, baixe nosso guia com todas as informações mastigadinhas pra você planejar sua viagem. Você pode ler o guia offline no celular, tablet, ou até imprimir e fazer suas própias anotações.

Dê uma olhada no nosso Guia Se Lança pra África do Sul:

 

Os 10 melhores restaurantes da África do Sul 2016

Todo ano são eleitos os melhores restaurantes da África do Sul.  Esse psot foi atualizado – Veja a lista dos melhores restaurantes da África do Sul em 2017 aqui.

O concurso chama Eat Out Awards e é anunciado no fim do ano, em Novembro. Este concurso começou em 1998 e é ums dos mais tradicionais do país.

Para frequentar um destes locais, é prudente reservar com bastante antecedência. Se você não conseguiu ou esqueceu de ligar antes, planeje jantar cedo – chegue por volta das 18:00 que você terá mais chances de encontrar uma mesa disponível.

Segue a lista do vencedores em Novembro de 2016:

Top 10 restaurantes da África do Sul

1. The Test Kitchen (Woodstock, Cape Town)

O propietário deste restaurante é um chef muito experiente, estudou na Europa e trabalhou na Ásia antes de se mudar para Cape Town. Lá ele comandou o La Colombe, de onde saiu para abrir seu próprio lugar. O Test Kitchen agora passou o La Colombe no ranking e é conhecido pelos pratos criativos e surpreendentes. Os menus são estilo degustação, preços vão de 1600 a 2650 Rands. Endereço: 375 Albert Road, Fone: +27 (0)21 447 2337

2. La Colombe (Constantia, Cape Town)

Está sempre listado como um dos 10 melhores do país e frequentemente na lista dos 100 melhores do mundo pela Michelin. Não adianta ligar com alguns dias de antecedência, tem que ligar com semanas, talvez até uns 2 meses antes para reservar uma mesa. Infelizmente crianças abaixo de 12 anos não são bem-vindas durante o jantar, somente almoço. Fica na Vinícola Silvermist. Preço do menu reduzido sem vinho é de 690 rands por pessoa, o menu “full” com degustação de vinhos fica em 1780 rands por pessoa. Endereço GPS: -34.0133427, 18.4028419, Fone: +27 (0) 21 795 0125 / +27 (0) 21 794 2390

3. The Restaurant at Waterkloof (Somerset West)

Este restaurante moderno e contemporâneo fica dentro da vinícola Waterkloof. Você pode optar pelo menu degustação que custa 1100 rands sem acompanhamento de vinhos e 1350 rands com. Este menu só é possível pedir ate às 13:30 no almoço e até às 20:30 no jantar. Após estes horários, é servido apenas o menu a la carte, este custa 420 por dois pratos e 530 rands por três. O menu à la carte está disponível em todos os horários. O restaurante também requer um depósito de 300 rands para efetuar reservas, se você cancelar com até 48 horas de antecedência, é totalmente reembolsável. Já viu que os caras são bem metódicos né?! Endereço: Sir Lowry’s Pass Road 7129, Fone: +27 (0)21 858 1491

4. The Tasting Room at Le Quartier Français (Franschhoek)

Situado dentro do hotel Le Quartier Français. A chef daqui é uma mulher, que adiciona um toque feminino aos pratos inspirados em África. O menu é “surpresa” – ou seja, não é fixo, depende do que a chef escolhe servir. A experiência toda leva por volta de 3 horas e meia, servem somente jantar e costumam fechar durante o inverno (junho ou julho). O preço do menu com 8 pratos é 850 rands por pessoa, se quiser adicionar degustação de vinho com os pratos, fica em 1.335 rands. Endereço GPS: 33°54’22.4″ S / 19°05’59.8″, Fone: +27 (0)21 876 2151

5. Restaurant Mosaic at The Orient (Elandsfontein, Pretoria)

A chef Chantel Dartnall, que comanda o restaurante e já foi foi eleita a melhor chef da África do Sul. Ela apendeu com chefes de restaurantes com 3 estrelas da Michelin na França e Inglaterra. Ela é meticulosa na criação dos pratos e se preocupa que eles estejam sempre bonitos como gostosos. O restaurante é aconchegante com sua decoração belle epoque. O menu custa 1250 rands por pessoa, preço do menu de vinhos é à parte. Fica dentro do hotel The Orient. Abre de quarta a domingo para almoço e apenas quarta, sexta e sábado para jantar. Endereço: 25 ° 45 ‘ 40.0 ”S / 27 ° 59 ‘ 56.6 ”E , Fone: +27 (0)12 371 2902

6. Overture (Stellenbosch)

Este restaurante fica dentro da vinícola Hidden Valley, que é uma propriedade pequena com vinhos fabricados quase de maneira artesanal. O restaurante que abriu de maneira humilde em 2007, logo foi conquistando seu espaço na África do Sul. Os pratos são espetaculares e a vista do local também! Preços amigáveis, o menu com entrada + prato principal + sobremesa custa 425 rands. Endereço GPS: S34 01 14.2 – E18 51 12.9, Fone: +27 (0)21 880 2646

7. Greenhouse at The Cellars-Hohenort (Constantia, Cape Town)

Elegante e sereno, é atualmente o restaurante número 1 no Trip Advisor em Constantia. É chique (fine dinig) e moderno. Possui menu degustação com harmonização de vinhos. Aberto apenas para jantar. O menu com 5 pratos custa 750 rands por pessoa sem degustação de vinhos, e 1050 rands com vinhos. Endereço: dentro do Hotel The Cellars-Hohenort na 93 Brommersvlei Rd., Fone: +27 (0) 21 795 6226

8. The Kitchen at Maison (Franschhoek)

O tasting é formado por vários pratos de Tapas que podem ser compartilhados. Você escolhe o menu de 1 a 5 pratos, que vai de 150 a 595 rands (preço total por pessoa por número de pratos) – mas saiba que são pequenos, vai precisar de uns 3 pelo menos. Endereço GPS: -33.886172, 19.077948, Fone: +27 (0)21 876 2116

9. Foliage (Franschhoek)

Ambiente agradabilíssimo possui a cozinha aberta, excelente serviço e apresentação. O menu é muito criativo, misturando diversos sabores que à primeira vista você não entende. Vale conhecer. Os pratos principais vão de 130 (vegetariano) a 225 (frutos do mar) rands. Endereço: 11 Hugenot Road, Fone: +27 (0)21 876 2328

10. Camphors at Vergelegen (Somerset West)

Logo no seu primeiro ano de funcionamento (2013) este restaurante já entrou na lista dos melhores da África do Sul. Os pratos são internacionais e pensados para complementar os vinhos. A vista é divina, de frente para um lindo campo com árvores para complementar a experiência toda. Menus vão de 395 a 900 rands. Infelizmente não aceita crianças. Aberto de quarta a domingo para almoço e apenas sexta e sábado para jantar. Endereço GPS: S34º 04’ 47.0″ / E18º 53’ 12.3″ Fone: +27 (0)21 847 2131

Se Lança…

Veja estes outros posts que podem te interessar:

Onde comer em Joanesburgo – 8 sugestões de restaurantes
Viajar para a África do Sul – Post Índice
O que fazer na Cidade do Cabo, melhores dicas reunidas
Cape Town – além do roteiro tradicional
Turistando em Joanesburgo
Franschhoek e Stellenbosch, melhor região de vinícolas do mundo
Safari no Kruger Park, África do Sul

Dê uma olhada no nosso Guia Se Lança pra África do Sul:

[products ids=”3484″]

Pretoria na África do Sul

Se lança pra Pretoria – África do Sul

Se você veio à este post pensando: “será que eu incluo Pretoria no meu roteiro na África do Sul?” Sejamos honestos: A resposta é não, pode parar de ler por aqui.

Agora, se você mora na África do Sul, ou vai lá a trabalho, quem sabe até visitar um parente, aí sim pode seguir adiante com a leitura, vou passar as dicas do que fazer em Pretoria.

Como chegar

É possível tomar o Gautrain do aeroporto (ou de Joanesburgo) à Pretoria.

Se estiver de carro alugado, a estrada (N1) que liga Joburg a Pretoria é ampla, 5 pistas de cada lado, mas na hora do rush tem muito trânsito.

Hotéis em Pretoria

Segue minhas sugestões, tem muita coisa fofa:

The Wardrobe Guest House – esta pequena pousada (de apenas 7 quartos) tem um estilo rústico chique, bem localizada, próxima ao Brooklyn Mall. Tem estacionamento e wifi. Excelente custo x benefício com diárias à partir de 800 rands. Endereço: 416 Farrel Street Brooklyn

314 on Clark Guest House – decorada com inspiração africana, moveis modernos e um look clean. Bom custo benefício, fica no bairro Brooklyn perto do shopping. Tem estacionamento, wifi e um pátio no local. Endereço: 314 on Clark Street

Brooklyn Manor – esta pousada está em uma linda casa antiga construída em 1927. A decoração é clássica e aqui você se sente em casa. Tem uma piscina, enorme jardim e até uma hortinha. Oderece estacionamento e wifi. Diarias à partir de 1300 rands.

Protea Hotel Fire & Ice! by Marriott Pretoria Menlyn – como sempre a rede Protea é excelente. Esta unidade fica perto do Menlyn Park, maior shopping da cidade. Tem piscina, estacionamento, academia e restaurante. Endereço: 221 Garsfontein Road

Duke & Duchess Boutique Hotel – hotel butique estilo classudo, móveis grandes e imponenetes. A casa é linda, tem uma piscina e jardim para aproveitar. Estacionamento e wifi no local. Fica um pouquinho mais afastado em um bairro bem tranquilo, bom para relaxar. Diárias à partir de 1300 rands por casal. Endereço: 70 Drakensberg

Veja outras opções de hospedagem em Pretoria aqui.

Onde comer

A la Turka – meu restaurante árabe predileto (tudo bem que foi o único que conheci na Africa do Sul rs). A comida é boa, o ambiente típico super bonito e na sexta e sábado tem dança do ventre.  Tel: 011 203 4605; 711 Sterkfontein Ave, Irene

Jantar com dança no A La Turka
Jantar com dança no A La Turka

Kream – recomendado por amigos, cozinha contemporânea no badalado bairro do  Brooklyn. Tel: 12 346 4642/4; 570 Fehrsen Street, Brooklyn

Restaurant Mosaic at The Orient – eleito entre os 10 melhores restaurantes da África do Sul. O restaurante é aconchegante com sua decoração belle epoque. O menu custa 1250 rands por pessoa, preço do menu de vinhos é à parte. Fica dentro do hotel The Orient. Abre de quarta a domingo para almoço e apenas quarta, sexta e sábado para jantar. Endereço: 25 ° 45 ‘ 40.0 ”S / 27 ° 59 ‘ 56.6 ”E , Fone: +27 (0)12 371 2902

O que fazer em Pretoria

Voortrekker Monument & Heritage Site – Monumento em homenagem aos emigrantes que partiram do domínio britânico no Cape. Dentro do estabelecimento tem parque, um museu (entrada 50 rands) e também espaço para andar de bicicleta ou fazer hiking.

pretoria

Union Buildings – Este edifício é a sede oficial do governo Sul-Africano e também abriga os escritórios do presidente, não é possível entrar dentro dele, mas em sua frente há um lindo jardim e tem uma vista bonita da cidade. Atualização – depois da morte do Mandela, foi erguida uma linda e enorme estátua dele de braços abertos no jardim.

Union Building
Union Building

Church Square – Centro histórico da cidade, cercado pela Igreja, Palácio da Justiça, Correios, além de outros prédios antigos. São prédios bonitos, e foi neste Palácio da Justiça que o Nelson Mandela e outros membros da ANC foram julgados por traição. Ao centro está a estátua de Paul Kruger. Estacione na própira praça mesmo, não pare longe, não é muito seguro. Se não quiser descer, passe de carro em frente.

Church Square
Church Square

The Pretoria Art Museum – Pequena galeria com artistas africanos. Aberto de terça a domingo das 10:00 às 17:00. Entrada 22 rands. Endereço: Esquina das ruas Schoeman e Wessels Str.

Groenkloof Nature Reserve – se você gosta de Mountain Bike, este é o lugar. Mas se você quer caminhar, tudo bem, pode vir também. O parque é uma reserva que contêm pistas de mountain bike (nível super difícil mesmo), trilhas para hiking e área para picnic ou braai (churrasco). É possível até andar a cavalo no parque. O diferencial do parque, é que tem animais! Uhu, andar de bicicleta e trombar com girafas e kudus, só na África! Não se preocupe, não há predadores. O preço das entradas varia conforme a atividade que for fazer. O horário que o parque fica aberto também varia conforme estação do ano. Detalhes podem ser vistos no site oficial.

Pedal em Pretoria, Groenkloof
Pedal em Pretoria, Groenkloof

Pretoria National Botanical Garden – é um jardim frequentado pelos locais pra fazer picnic. A turma gosta muito de picnic por aqui, então é comum no fim de semana empacotar o lance e a família e passar o dia no parque. É bonito e bem cuidado, tem algumas trilhas pra caminhar mas poucas flores pra ver. Aberto todos os dias das 8:00 às 18:00, último horário para entrar no parque é às 17:00. Entrada 25 Rands, Endereço: 2 Cussonia Ave, Brummeria, Pretoria.

Shoppings

Menlyn Park Shopping Centre – maior shopping de Pretoria com mais de 500 lojas. Tem de tudo que você imaginar, cinema e resturantes. É bem moderno. Como tudo na África do Sul, fecha cedo. Na verdade, no site deles eles dizem que ficam abertos até tarde, pois na sexta e sábado estão abertos até às 21h!

Brooklyn Mall – shopping menorzinho mas tem lá suas mais de 200 lojas, tem bastante opções de restuarantes. Fica no bairro das embaixadas.

*PS – A maioria das fotos aqui são da fotógrafa e minha amiga super talentosa Anna Theodora. Confira seu trabalho!

Veja estes outros posts que podem te interessar:

Viajar para a África do Sul – Post Índice
Turistando em Joanesburgo
Onde ficar em Joanesbugo
Joanesburgo com crianças
Sun City Hotel, o que fazer
Pilanesberg, safari a somente 2 horas de Joanesburgo
O que fazer na Cidade do Cabo, melhores dicas reunidas
Onde fazer Safari perto de Cape Town
Franschhoek e Stellenbosch, melhor região de vinícolas do mundo

Se ficou alguma dúvida ou se quiser apenas deixar um palavrinha carinhosa pra gente, escreva nos comentários aqui abaixo.
Escreve, escreve, escreve 🙂

Ah, e não deixe de seguir nossas andanças no Instagram. Sempre tem dica boa por lá também.

~ Se Lança ~

Dê uma olhada no nosso Guia Se Lança pra África do Sul:

 

África do Sul: Turismo e como se virar

Segue um guia com dicas em geral da África do Sul: turismo, como se virar, sobreviver e o que fazer pra curtir muito na África do Sul!

Se tiver dúvidas, é só comentar abaixo que a gente responde!

África do Sul precisa de visto?

Para entrar na África do Sul como turista ou a negócios, Brasileiros não necessitam de visto. É preciso ter passaporte brasileiro com validade de até 1 mês da data de retorno pro Brasil e o Certificado Internacional de Vacina (CIV) contra febre amarela, que deve ser tomada pelo menos 10 dias antes do embarque. A permissão de entrada é concedida na imigração, podendo ser válida por até 90 dias. Se você desejar ficar acima de 90 dias na África do Sul, é preciso pedir o devido visto no Consulado.

Crianças de até 1 ano não precisam apresentar o certificado de vacina contra febre-amarela, à partir dessa idade precisa sim. Também é necessário – caso a criança esteja viajando somente com um dos pais – apresentar uma declaração que o outro pai autorizou a viagem.

Detalhes de entrada na África do Sul para crianças e bebês veja neste post.

Guia de Viagem

Para os mochileiros e espertos de plantão, fique de olho no guia “Coast to Coast” distribuído gratuitamente em alguns estabelecimentos, como albergues e outros serviços turísticos. Pegue sua cópia, poderá ser útil!

Nós aqui do Se Lança também escrevemos nosso próprio guia – vendido por R$ 25,90 você compra o Guia da África do Sul e ganha grátis o Guia da Garden Route. Já vendemos mais de 280 unidades! Compre aqui sua cópia.

Idiomas falado na África do Sul

A África do Sul possui 11 idiomas oficiais, dos quais o Inglês é um deles. A maioria da população fala Inglês, principalmente em lugares turísticos. Não se preocupe se você não entender muito bem o que algumas pessoas dizem, pois o Inglês nem sempre é o idioma nativo da maioria, eles possuem um sotaque bem distinto. Mas comunicação é possível!

Companhias Aéreas

Para ir do Brasil para a África do Sul tem duas opções de compania aérea. A South African Airways é a empresa que tem mais tradição nessa rota e a LATAM começou em Outubro de 2016 a fazer a rota de Guarulhos (São Paulo) para Joanesburgo.

Muitas pessoas tem voado à Cape Town via Luanda (Angola) pela TAAG, pois eles tem feito muitas promoções e realmente o preço é atrativo. Honestamente, eu não gostaria de voar com eles, mas os relatos que ouço é que foi tudo bem. Eu já fui à Angola duas vezes, e é realmente bem tranquilo no aeroporto, só não sei se eu confiaria na linha aérea – mas isso é apenas minha impressão pessoal.

Na África do Sul, os vôos internos podem ser feitos com a própria South African e a British Airways faz alguns vôos locais.

As companhias Low cost na África do Sul são: KululaMango e FlySafair.

Qual dinheiro da África do Sul?

O câmbio é mais ou menos 1 real (BRL) pra 4 rands (ZAR) – valores reais no XE. Algumas lojas de câmbio vendem rands no Brasil, mas é claro que o preço será bem mais caro. Aceita-se facilmente cartão de crédito internacional em restaurantes, lojas, shoppings, etc. Dólar e Euro não são aceitos nos estabelecimentos.

Tax Free  – Reembolso de impostos

As compras que você fizer na África do Sul são elegíveis para reembolso de impostos. É um pensamento bem legal, que se você não mora naquele país, não usufruirá da estrutura pública, então não tem que pagar impostos.

Guarde todos os recibos de suas compras e quando fizer as malas, deixe essas compras por cima na mala. Você tem que apresentar os recibos para serem conferidos com a mercadoria – só pra não ter espertinho juntando nota e arrecadando dinheiro. Você tem que fazer isso antes do check-in. Depois de despachadas as malas e feito a imigração, você para na loja do tax free com seus recibos e recebe um cartão VISA com seu crédito.

Veja mais detalhes dos procedimentos neste post: Tax Return no Aeroporto de Joanesburgo – passo a passo

Eletricidade

As tomadas na África do Sul são 230V e o pino é do tipo D em geral. São três pinos gordos, do tamanho do dedo mindinho. Alguns hotéis oferecem adaptadores para os hóspedes, mas é melhor garantir e ter seu próprio adaptador. Compre na chegada no aeroporto, pra ter certeza que está comprando o adaptador correto, uma vez que esse pino tipo D não é muito comum pra nós brasileiros.

Comida e alimentação na África do Sul

As porções em restaurantes são generosas, e a comida é bem internacional. Filé com purê de batatas, pastas, frango, peixes, etc. Também existem muitas opções vegetarianas. Você não passará perrengue. Para comer comida típica, é preciso ir em um restaurante africano. Em restaurantes, geralmente precisa-se fazer reserva de mesa, ligue com algumas horas de antecedência, e se for um restaurante muito concorrido, com alguns dias de antecedência.

Seguro de Viagem

Não é obrigatório para entrar na África do Sul. No entanto, é sempre bom viajar assegurado né. Aquele tipo de coisa que ninguém que usar, mas é bom ter. Nós usamos o site Seguros Promo, que faz comparação de preços de vários seguros. (Se você não sabe o que é um seguro de viagens, leia este post aqui).

Na Seguros Promo você pode pagar em 12x no cartão ou ter 5% de desconto pagando no boleto.

E, tem mais…

Nossos leitores tem direito a um desconto de 5% (adicional ao do boleto). É só inserir o cupom SELANCA5 pra ganhar. Ou seja, fica bem acessível contratar este serviço para viajar tranquilo. Um seguro de 15 dias na África fica menos de 100 reais! Clique aqui para fazer sua cotação.

Transporte na África do Sul

Transporte público na África do Sul é muito limitado. Dito isso, a cidade de Cape Town investiu muito no MyCiti – o ônibus público. Lá é mais tranquilo andar de ônibus – no entanto – eu ainda prefiro ter a liberdade do carro próprio.

Tire a permissão internacional para dirigir (PID) no Detran da sua cidade. Prepare-se para dirigir na mão inglesa (motorista fica do lado direito do carro). Geralmente as pessoas ficam preocupadas em passar a marcha com a mão esquerda, ligar a seta, etc. Mas o difícil de mudar o sentido da direção não é a mecânica do carro, garanto que em pouco tempo você se habituará – o difícil é o trânsito ao contrário. Então diriga presentando muita atenção, desligue o som do carro e tente não entrar na contra-mão. Alugue também um GPS, impossível andar sem (ou compre chip de celular).

Aluguel de carro na África do Sul

Para alugar um carro, conte com qualquer companhia internacional, na África do Sul tem todas: Avis, Hertz, Thrifthy, Europcar, etc… Vá com que a que conseguir melhor preço. Recentemente nos afiliamos à Rentcars e temos usado o serviço de busca deles, que compara o preço das maiores operadoras e é possível pagar em reais e parcelar, coisa que não se consegue ao reservar direto em sites gringos. Faça uma cotação aqui.

A infraestrutura de estradas na África do Sul é muito boa, excelente. Viajar de carro é muito tranquilo, apenas evite as estradas à noite por causa da baixa iluminação.

Pra quem não quiser encarar a mão inglesa existe a opção de andar de taxi, mas é mais caro que alugar um carro. Você liga nos serviços credenciados (ou taxis do hotel) e agenda a viagem, o preço já é pré-combinado. Outra opção é fazer passeios guiados com operadoras de turismo, seu hotel poderá te ajudar com isso.

Outros tipos de transporte

Também é possível andar de Uber em Cape Town e Joanesburgo.

Pra quem não quer alugar carro, existe um serviço de ônibus turístico que vai à todas as cidades turísticas da África do Sul. Você compra um passe único que é válido por um certo período, e pega o ônibus pra chegar em cada cidade. Chama-se Baz Bus.

Evite andar (quero dizer, não ande de jeito nenhum) nos taxis coletivos (vans) que circulam pela cidade. Nem sempre são seguros, principalmente para estrangeiros.

Leia mais sobre a África do Sul nesses posts:

Viajar para a África do Sul – Post Índice
Vale a pena alugar carro na África do Sul?

CAPE TOWN

O que fazer na Cidade do Cabo, melhores dicas reunidas
Cape Town – além do roteiro tradicional
Praias de Cape Town
Mergulhando com tubarões brancos na África do Sul

VINÍCOLAS

Franschhoek e Stellenbosch, melhor região de vinícolas do mundo
10 melhores vinícolas de Stellenbosch
5 melhores vinícolas de Franschhoek
Constantia, vinícolas pertinho de Cape Town
10 vinhos tintos bons e baratos para tomar na África do Sul

JOANESBURGO, PRETORIA

Turistando em Joanesburgo
Pretoria

SAFARIS

Safari no Kruger Park, África do Sul
Pilanesberg, safari a somente 2 horas de Joanesburgo
Madikwe

ROTA JARDIM

Mossel Bay
Swellendam e De Hoop
Knysna, equilíbrio perfeito entre Mar e Montanha
Saltar de Bungee Jump na África do Sul

OUTROS

Ballito, praia tranquila próxima a Durban
Onde dormir em Nelspruit – 5 sugestões de hotéis e pousadas
Drakensberg
Panorama Route

Dê uma olhada no nosso Guia Se Lança pra África do Sul:

~Se Lança~

Ainda não sabe pra onde ir?
A gente te ajuda! Escolha um destino.