O que fazer em Copenhague, roteiro de 2 dias
Dinamarca Europa

O que fazer em Copenhague, roteiro de 2 dias

Ir para Copenhague foi realizar o sonho escandinavo, estava doida pra conhecer a Dinamarca e a Suécia, e valeu super a pena! Só tem um pequeno ponto negativo… caro pra chuchu.

Quem quer passear em terras escandinavas, tem que arcar com o custo do privilégio.

Separei o post pelas atrações que eu mais gostei, e aquelas que são legais, mas se não tiver muito tempo, não é prioridade.

Nós ficamos 2 dias em Copenhague, e foi sufciente pra fazer tudo meio por cima, pra quem quer entrar nos castelos aconselho ficar 3 dias. Tudo que listei abaixo nós fizemos com estes 2 dias na cidade.

Locomoção em Copenhague

Para andar dentro da cidade, o meio de transporte mais utilizado pelos locais é a bicicleta. É uma maneira rápida de ir de um lugar para o outro.

No Amagerbro, bairro que nos hospedamos, tem uma loja de bicicletas que também tem aluguel. A loja é a Ama’r Cykle Service. Uma bicicleta custa 99 coroas (50 reais) por dia, eles abrem às 7:30 e fecham às 18:00. O aluguel de cadeirinha para crianças (aquela que acopla na bicicleta) custa 40 coroas (20 reais) por dia.

O metrô também é bem eficiente para ir de um lado para o outro, o único problema é o preço. Para os dinamarqueses não deve ser caro, mas para os brazucas, um bilhete único custa 12 reais. Ou seja, ir e voltar vai te custar 24 reais, isso se estiver dentro da zona 1 e 2. Quem for andar muito de metro, compensa comprar o City Pass que custa 40 reais e você pode andar ilimitado.

Então, nós escolhemos o bom e barato: PERNAS. A cidade é relativamente pequena, então fizemos tudo a pé. Não significa que não andamos pra caramba, segundo o app do iphone, foram 15 kms por dia.

Principais atrações turísticas de Copenhague

Imperdível

Nyhavn – porto antigo da cidade, é o principal cartão postal de Copenhague, um local super bonito para andar, ver as casinhas coloridas e barcos. Tem também excursões de barco que fazem um pequeno cruzeiro, a média de preços é 80 coroas (40 reais). É possível também comprar adiantado o passeio por 11 euros neste link.

Nyhavn, porto antigo de Copenhague
Nyhavn, porto antigo de Copenhague

Torvehallerne – mercado de comidinhas, frutas, carnes, cafés, nozes, bebidas e afins. São dois pavilhões, um de coisas frescas (como peixes, frutas, flores, etc) e o outro pavilhão são restaurantes. Dá vontade de comer tudo neste lugar, além de ser super lindo. Pra variar, como tudo é super caro (tipo 20 reais um cupcake), melhor ir depois do almoço pro café da tarde, ou então fim do dia pra cervejinha e happy hour.

o que fazer em copenhague Torvehallerne mercado da cidadeo que fazer em copenhague Torvehallerne mercado da cidade

Stroget – a rua tem 1.1 kilômetros de extensão e é a maior rua somente para pedestres da Europa. Vale a pena andar aqui, ver as lojinhas e movimento. Aproveitando a andança, a Torre Redonda fica no caminho – a torre é um observatório – custa 25 coroas (12 reais) pra subir.

Stroget

Kongens Nytorv – a praça principal da cidade cheio de edifícios lindos, conecta a Nyhavn com a Stroget.

Muito legal

Amalienborg – é o palácio onde a família real Dinamarquesa reside. São 4 prédios idênticos estilo rococo dispostos em um octógono. Uma curiosidade é que estes palácios foram construídos originalmente para 4 famílias da nobreza, porém em 1794 o palácio Christianborg pegou fogo, então a família real comprou todo o Amalienborg e se mudou para lá. A visita custa 95 coroas, mais ou menos 45 reais.  Todos os dias, ao meio-dia, pode-se acompanhar a troca da guarda no pátio do palácio.

Marmoriken – é a Igreja de mármore fica bem atrás do Amalienborg. Como diz o nome, sua fachada é toda de mármore, muito linda de ver.

Amalienborg e Marmoriken ao fundo

Museu Nacional da Dinamarca – são várias exposições neste museu, vale a pena conhecer. Tem uma exposição etnográfica – sobres os diferentes povos da terra com seus artefatos, tem também artefatos dos vikings – algo que não se vê muito em outros museus. Outra parte que gostei, foi a exposição sobre a Dinamarca, desde a pré-história até os tempos modernos. Custa 75 coroas por adulto para entrar (33 reais), porém se você encarar entrar com seu filho, ganha desconto, cai para 60 coroas o preço e a criança entra de graça.

Christianborg – Aqui está o poder legislativo, executivo e judiciário da Dinamarca. É onde está o escritório do primeiro-ministro, o parlamento e a suprema corte, além de ter aposentos usados pela monarquia.  É possível escolher visitar separadamente as ruinas (50 coroas), a cozinha (50 coroas), o estábulo (50 coroas) ou a sala de recepção (90 coroas) – ou então – o bilhete combinado de todos este lugares custa 150 coroas.

Christianborg

Kongens Have  – é o Jardim do Rei (King’s Garden). Um parque bem bonito para caminhar e é onde está o Palácio Rosenborg. É neste palácio que estão expostas as jóias da realeza dinamarquesa. Neste parque também tem um pequeno parquinho para crianças.

Rosenborg
Rosenborg

Orsteds Parken – Um parque bem legal na cidade, frequentado pelos locais. Tem lago, pontes, bancos e mesas para fazer piquenique. Para as crianças tem um parquinho bem bacana para brincar, o que achei super interessante do parquinho, é que eles tem pequenas bicicletas, triciclos e furgões pras crianças usarem – se fosse no Brasil, não sei porque, mas imagino que isso iria sumir em alguns minutos de dentro do parque né…

Parque Orsteds

Se sobrar tempo

Essas atrações são um pouco mais afastadas do centro da cidade, foram elas que aumentaram a kilometragem da andança.  É até legal, mas ficou longe pra chegarmos, diria que não é prioridade.

Estátua da Pequena Sereiaé bastante improvável que um turista vá a Copenhague e não veja a Pequena Sereia, pois é a estátua mais famosa da cidade. Ela entrou aqui na lista do “se sobrar; tempo” mais pela localização. Eu até achei a estátua bonita e charmosa na beira do mar, mas camelei demais pra chegar lá.

A Pequena Sereia

Kastellet – uma das fortalezas da cidade construída em formato de estrela com 5 pontas. É rodeada por um parque e rio e dentro estão alguns edifícios como um prédio do exército, um moinho de vento e a Igreja.

Igreja Anglicana de St Albin – Bem bonitinha por fora, quem quiser dar uma espiada por dentro,não paga para entrar .

Gefionspringvandet – tradução é a Fonte de Gefion – deusa da mitologia escandinava. A fonte é bonita e bem imponente.

Fonte de Gefion e Igreja Anglicana ao fundo

Vor Frelsers Kirke – Linda igreja com esta torre e escadaria no topo. É possível subir na torre e ter uma visão bem legal da cidade, custa entre 35 e 45 coroas (dependendo do mês). Fica um pouco afastado do centro, mas está na rota de quam vai conhecer Christiania. Como me hospedei deste lado, estava pertinho pra mim, era caminho de “casa” até o centro.

Torre da Igreja Vor Frelsers

Christiania – famosa comunidade alternativa. Depois de ler o depoimento da Luciana neste post, nem perdi tempo indo até lá. Só tive 2 dias na cidade e não achei que seria tão interessante, principalmente com nossa pequena a tiracolo.

Fora do roteiro comum

Praia Amager – tem praia em Copenhague?! Pois é, fui até lá conferir essa tal praia de dinamarquês e conhecer o Mar Báltico. A praia tem um areião enorme, no verão deve ser bem legal. Em outubro estava friozinho e ventando muito, foi mais pra conhecer e ver o pessoal praticando kite surfe. Pra chegar lá tiramos o escorpião do bolso e fomos de metrô até a estação Amager Strand.

O que queria fazer mas não fiz

Parque Tivoli – consegui dar a sorte de ir durante as duas semanas que o parque fecha entre o verão e o Halloween, seria muito legal se estivesse aberto -mas não dá pra ganhar sempre né. Veja no site oficial as datas que o parque funciona.

Mapa com os principais pontos turísticos em Copenhague

Uma super dica é, se chegar pelo aeroporto, pegue os mapas grátis que estão espalhados pelo saguão. São excelentes e ajudam muito. Abaixo demarquei os principais pontos em uma rota.

Onde comer em Copenhague

Acho que já deu pra ter uma idéia de que é tudo absolutamente super caro na Dinamarca né?

No primeiro dia seguimos a dica da Michela e almoçamos no Samos, um buffet de comida grega. Para nós – dois adultos e uma criança – custou por volta de 90 reais, com uma cerveja. Acredite, para Copenhague isso é bem barato. Veja tudo sobre este restaurante aqui neste post do Blog Mapa na Mão.

No segundo dia foi piquenique no parque mesmo, o tempo estava lindo e propício. Um pequena dica nossa é o Seven Eleven, lá é possível comprar 2 croissants por 20 coroas (10 reais) e um café mais em conta.

Copenhagen Card

É um cartão turístico da cidade que inclui transporte público ilimitado e entrada em mais de 70 atrações, incluindo o Tivoli, Rosenborg, Amalienborg, Museu Nacional, Zoológico e outros. Pra cada cartão de adulto, ganha-se grátis um gartão para uma criança de 2 a 10 anos. O cartão de 24 horas custa 53 euros e pode ser comprado com antecedência aqui neste link. É só imprimir o voucher e trocar pelo cartão no aeorporto, estação de trem, parque Tivoli ou centro de informações turísticas. Como eu não entrei em muitas atrações e fiz tudo à pé, não compensava, mas acho interessante pra quem quer conhecer as atrações por dentro, economiza tempo e dinheiro.

Se Lança…

Veja estes outros posts também:

O que fazer em Estocolmo
3 guloseimas que você tem que provar na Suécia
Vaxholm e Arquipélagos de Estocolmo
Seguro de Viagem Internacional – vale a pena?
Roteiro de 5 dias pela linda Suiça

 

LEMBRETE

Seguro de viagem é obrigatório na Europa! Eu sei que é aquele tipo de coisa que ninguém quer usar, mas que é importante ter, com saúde não se brinca! Nós usamos o portal Seguros Promo, pois faz cotações com várias seguradoras trazendo um comparativo de preços e benefícios.

Pra vocês terem idéia, um seguro de 7 dias na Europa custa à partir de 55 reais. Não é caro!
Na Seguros Promo você pode pagar em 12x no cartão ou ter 5% de desconto pagando no boleto.

E, tem mais…

Nossos leitores tem direito a um desconto de 5% (adicional ao do boleto). É só inserir o cupom SELANCA5 pra ganhar. Ou seja, fica bem acessível contratar este serviço para viajar tranquilo. Clique aqui para fazer sua cotação.

Comentários

comments

LEAVE A COMMENT