Onde surfar em Portugal
Europa Portugal

Onde surfar em Portugal

Buscando onde surfar em Portugal, né? Então se lança nesse roteiro e descubra, de Norte a Sul, os melhores picos de surf do país.

Esse é um guest post escrito pelo nosso querido amigo e surfista, Léo Mota.

Você gosta de surfar com os amigos, pega onda aos finais de semana, planeja uma surf trip e quer levar sua família ou namorada? Com certeza em qualquer umas dessas ocasiões?

Então Portugal é a pedida certa. Um país que fala a mesma língua que nós, oferece ótima variedade de comidas, excelentes opções de hospedagens e, claro, muito surfe!

Se liga nas praias pelas quais esse roteiro aqui irá passar: Carcavelos, Guincho, Praia do Espinho, Figueira da Foz, Praia de Buarcos, Nazaré, Peniche, Praia de Supertubos e como não poderia faltar, as praias do Algarve – Beliche, Tonel, Carrapateira, Praia da Luz, Canal e Arrifana. 

Quais praias eu mais gostei? Continue lendo e descubra.

Em toda sua surf trip, fechando um carro alugado você pode acompanhar melhor o swell. E o primeiro impacto de Portugal já bate logo de cara, com uma verdadeira estrutura digna de Europa nas estradas. Muito bem sinalizadas em todo o litoral, preço baixo na locação de ótimos carros e 2 mil km de ondas para desbravar de Norte a Sul do país.

Onde surfar em Portugal: Norte do País

No clima de se aventurar pelas ondas portuguesas, o Norte do país não deixa nada a desejar. Chegar em Viana do Castelo, surfar a onda da Praia do Cabedelo e poder ficar hospedado de frente para o mar, em um hotel impecável como o FeelViana Hotel, vale até o brinde de uma Super Bock gelada ou algumas taças de vinho ao final do dia.

Se a trip for com a família, os filhos vão andar de bike, skate, stand up, surfe. Se for com a mina, as suítes e bungalows do hotel são totalmente novos e completos, com spa e massagem, nada mal para o pós-surfe, durante toda sua hospedagem.

Hotel FeelViana
Hotel FeelViana oferece localização privilegiada e acomodações aconchegantes. Foto: Divulgação.

 

Seguindo pelo roteiro, uma próxima parada fica por conta da Praia do Espinho. Com um tempo menor de carro, você logo chegará e encontrará muito surfe e opções de turismo na região. Para os mais aventureiros, o local oferece opções de campismo e contato direto com a natureza.

Praia de Espinho
Praia de Espinho e seu pôr do sol de cinema. Foto: Léo Mota.

 

Outra parada muito indicada é a Figueira da Foz, onde fica a Praia de Buarcos, internacionalmente conhecida pela sua longa onda de direita, com várias seções e algumas tubulares para fazer a cabeça.

Praia de Buarcos
Praia de Buarcos oferece direitas intermináveis. Foto: Portuguese Waves

 

Para se hospedar na região fica fácil de indicar o Quinta D’ Anta, um hotel que conversa com o surfista e vai te receber maravilhosamente bem. Grandes atletas brasileiros do surfe ficam hospedados lá, alguns utilizando como base para surfar a temida onda de Nazaré, inclusive.

Praia da Nazaré
Praia da Nazaré, um fenômeno único da natureza. Foto: Léo Mota.

 

Essa parte do roteiro pode ser a mais especial para muitos surfistas, mesmo não tendo possibilidade de pegar onda, porque Nazaré é um capítulo à parte na história do surfe mundial. Um fenômeno natural, uma onda incrivelmente grande, que pode assustar até quem está no mirador. E por falar em mirados, vale ir com uma roupa reforçada, venta muito na região.

Depois dessa experiência em Nazaré, mesmo que apenas visual, é hora de continuar descendo pelo litoral até chegar em Peniche, que proporciona toda adrenalina necessária que para colocar o surfe em dia. A Praia de Supertubos faz parte do Tour da Word Surf League e tem seus motivos. As ondas desafiam até surfistas extremamente experientes. Prepare-se, pois com fundo de areia, você vai pegar ondas tubulares para os dois lados.

Vale a pena esperar o swell por alguns dias ou você ainda pode dar a sorte de já chegar com o mar funcionando. Hospedado no Star Inn Peniche, vai ficar de frente para praia, com estrutura e experiência de quem hospeda também grandes surfistas do Circuito Mundial.

Praia de Supertubos
Supertubos recebe anualmente a etapa portuguesa do Circuito Mundial. Foto: Portuguese Waves

Onde surfar em Portugal: Centro do País

Ao chegar na capital Lisboa, você vai encontrar um ambiente acolhedor, para se sentir literalmente em casa. Há apenas 30 minutos da capital do país já temos Cascais, com duas praias incríveis: Carcavelos e Guincho.

Carcavelos apresenta ondas para a direita e para a esquerda, cavadas, rápidas, fortes e divertidas. Com fundo de areia, as ondas ficam melhores acima de 1 metro, chegando a 2 metros com boas condições.

Praia do Guincho, que fica ao lado, apresenta em dias menores um surfe propício para iniciantes. Mas em dias maiores, os experientes têm a chance de pegar um mar perfeito. Palco de campeonatos nacionais e internacionais, a praia dispõe de chuveiros, estacionamento gratuito, posto de atendimento, restaurantes e bares ao redor.

Vale comentar aqui, que se você estiver em uma viagem que não seja só de surf, mas quiser na secura, dá pra fazer um bate e volta Lisboa-Cascais de trem por menos de 5€. Os trens saem a cada 15 minutos da estação Cais do Sodré em Lisboa e vão até Cascais, última estação. Vale a ida, nem que seja só pra olhar esse mar.

Praia do Guincho
Praia do Guincho pode satisfazer todos os tipos de surfistas. Foto: Portuguese Waves

Onde surfar em Portugal: Sul do País

Com tantas opções de qualidade para o surfe, chegou a hora de partir para o Sul do país e se encantar todos os dias com o visual das praias e das estradas.

Há 2h30 de Lisboa, chegaremos a famosa região do Algarve que promete entregar um final de viagem marcante, principalmente pelas inúmeras opções de surfe e ondas na região.

As prais de Beliche, Tonel, Carrapateira, Praia da Luz e Canal são algumas delas. Mas a Arrifana é com certeza um local privilegiado. Uma das mais belas vistas panorâmicas da região da Costa Vicentina. Com fundo arenoso e rochoso, pode ser considerada um pico clássico, que repõe qualquer energia. Alguns dias nesse paraíso são suficientes para fechar com chave de ouro sua surf trip por Portugal.

Praia de Arrifana
Arrifana oferece altas ondas e vista panorâmica. Foto: Portuguese Waves

 

Portugal carrega em todos os lugares um belíssimo pôr do sol de luz, repleto de beleza e luz natural. Em uma viagem de 15 dias, com certeza pelo menos uns 10 você vai parar para assistir ou surfar guardando esses visuais incríveis na memória. Visite Portugal e viva todas essas experiências. Aqui fica minha sugestão, mas as opções são tantas, que cada pessoa molda seu roteiro da forma que preferir, com uma possibilidade mais incrível do que a outra.

Guest post por Léo Mota.
“Este post foi reproduzido pelo autor e adaptado pro Se Lança Blog. Matéria na íntegra no site Guia Waves.”

LEMBRETE

Seguro de viagem é obrigatório na Europa! Eu sei que é aquele tipo de coisa que ninguém quer usar, mas que é importante ter, com saúde não se brinca! Nós usamos o portal Seguros Promo, pois faz cotações com várias seguradoras trazendo um comparativo de preços e benefícios.

Pra vocês terem idéia, um seguro de 7 dias na Europa custa à partir de 55 reais. Não é caro!
Na Seguros Promo você pode pagar em 12x no cartão ou ter 5% de desconto pagando no boleto.

E, tem mais…

Nossos leitores tem direito a um desconto de 5% (adicional ao do boleto). É só inserir o cupom SELANCA5 pra ganhar. Ou seja, fica bem acessível contratar este serviço para viajar tranquilo. Clique aqui para fazer sua cotação.

Outros posts que podem ajudar a planejar sua viagem pra Portugal :

O que fazer em pouco tempo em Lisboa, dicas de uma Lisboeta
O que fazer no Porto
Melhores Praias de Cascais
O que fazer em Cascais
O que fazer com 2 dias em Coimbra Portugal

 

~ Se Lança ~

LEAVE A COMMENT