Roteiro de 5 dias na Garden Route
África África do Sul

Roteiro de 5 dias na Garden Route

Este roteiro de 5 dias na Garden Route, na verdade se extende além dela! Oficialmente a rota começa em Mossel Bay e termina na região de Storms River (ou vice-versa) – mas na prática, muita gente dirige de Cape Town a Port Elizabeth.  

Essa é uma viagem que fiz de 8 dias na região de Cape Town, ficando 3 dias em Cape e 5 dias dias viajando de carro.

Como essa já era minha 4a visita à Cape Town, ficamos poucos dias lá, mas já contei aqui no blog TUDO sobre a cidade. Veja esses 3 posts: Guia completo de Cape Town, Além do roteiro tradicional, Praias de Cape Town.

Como ir de Cape Town a Port Elizabeth

Alugar um carro é tranquilo na África do Sul (veja neste post detalhes de como fazer isso e dirigir na mão inglesa). Diferente de outros países, não fica muito mais caro pegar o carro em uma cidade e devolver na outra. Vale a pena.

Um roteiro muito legal na África do Sul é chegar em Joanesburgo, de lá voar até Cape Town, alugar um carro e dirigir até Port Elizabeth. Devolver o carro em Port Elizabeth e voltar voando para Joanesburgo. Assim você vê bastante coisa no país!

A estrada da Garden Route é muito boa, não tem muitas supresas. Só recomendo sempre estar com o tanque cheio, postos de gasolina não são frequentes na beira da estrada – às vezes tem que entrar nas cidades pra abastecer. Também não tem muitos restaurantes, então leve água e lanche.

Principais cidades da Garden Route

As principais cidades são Mossel Bay, Wilderness, Sedgefield, Knysna, Plettenberg Bay e Storms River.

Atrações turísticas da Garden Route

A natureza é o carro chefe da região. Tem muita montanha e praia. Ideal para fazer caminhadas e se esticar na areia de praias lindas.

Duas atrações bem famosas da Garden Route são o mergulho com o tubarão branco (leia tudo aqui) e o salto de bungee jump com a Face Adrenalin. Um dos maiores bungee jumps do mundo (leia tudo neste post aqui)!

Outro ponto bem conhecido é ir à ponte suspensa dentro do Tsitsikamata Park.

E de Julho/Agosto a Outubro é época de whale-watching na região, é possível avistar baleias da costa ou fazer um “safari no mar” pra vê-las mais de pertinho.

Storms River

Roteiro de 5 dias na Garden Route

Como eu já conhecia Cape Town e Stellenbosch quando fiz essa viagem, meu roteiro ficou assim:

Cape Town – 3 dias / Stellenbosch – 1 dia /  

Swellendam – 1 dia / Mossel Bay – 1 dia / Knysna – 2 dias / Bungee Jump-Jeffrey’s Bay – 1 dia

(tem posts detalhando todas essas cidades da garden route!)

Oficialmente Swellendam não conta como Garden Route, mas inclui aqui no roteiro pois foi uma parada importante pra quebrar a viagem, somando assim os 5 dias. Em Swellendam nos hospedamos no Cypress Cotage, uma pousada antiga bem bacana!

Depois de Swellendam fomos pra Mossel Bay, onde dormimos no Protea e fizemos o mergulho com tubarões. Dia seguinte partimos para Knysna, chegamos no fim da tarde, deixamos as malas no Inyathi e fomos conhecer a Thesen Island e o Waterfront. No segundo dia em Knysna, dedicamos inteiro para hiking.

No último dia, na ida para Port Elizabeth para pegar o vôo pra Joburg, paramos no bungee jump de manhã e depois almoçamos em Jeffrey’s Bay. Nem ficamos em Port Elizabeth, é uma cidade bem grande, não achei muito legal pra turismo.

Esse foi nosso caminho:

Foi suficiente?

Claro que não, nunca é. Eu gostaria de ter passado em Hermanus, Cape Agulhas, Plettenberg Bay e entrado no Parque Tsitsikamta. Mas aí 5 dias não seriam suficientes, teriam que ser ao menos 8 dias pra fazer isso tudo. Então a gente faz o que pode com o que tem!

Valeu a pena?

SUPER! Essa região é linda demais. Vale muito a pena percorrer essa rota, principalmente para os amantes da natureza. O que eu mais gostei foi o mergulho com tubarão em Mossel Bay e curtir Knysna, bons restaurantes e excelentes trilhas.

O que eu faria diferente?

Uma sugestão bem bacana é começar a rota em Port Elizabeth e terminar em Cape Town. Assim você deixa o melhor pro final, pois depois de conhecer a Cidade Mãe, nada se compara. Também ficaria mais uns 2 dias se tivesse mais tempo.

E você, qual rota escolheu? Conta pra gente!

Se Lança…

Veja estes outros posts que podem te interessar:

Viajar para a África do Sul – Post Índice
Franschhoek e Stellenbosch, melhor região de vinícolas do mundo
Roteiro da Garden Route, dirigindo desde Joanesburgo
Mossel Bay
Swellendam e De Hoop
Knysna, equilíbrio perfeito entre Mar e Montanha
Saltar de Bungee Jump na África do Sul
O que fazer em Plettenberg Bay

 

Dê uma olhada no nosso Guia Se Lança pra África do Sul:

Comentários

comments

LEAVE A COMMENT