Se vire em Luanda, Angola
Angola

Se vire em Luanda, Angola

Se lança pra Luanda – Angola

Okay, se você estiver lendo este post, é porque provavelmente vai a Luanda a trabalho, pois não é o lugar mais turístico do mundo. Foi assim que eu acabei indo pra lá também, duas vezes… Mas já que você vai estar lá, porque não aproveitar um pouco?

Introdução

Angola me pareceu muito com o Brasil em termos de clima, vibe – muito descontraído e informal. Todos falam português e perderam um pouco o idioma local. É um país que saiu a poucos anos de uma terrível guerra civil, está se reconstruindo e está crescendo muito por conta do pretróleo. Luanda parece um grande canteiro, uma obra atrás da outra.

Bairro de Talatona
Bairro de Talatona

Quando você chega lá, o primeiro choque é a imigração, fila gigantesca cheia de orientais (para trabalharem nas obras), um calor danado. Pra minha sorte, estavam deixando as mulheres passarem na frente… Ufa!

Saindo do aeroporto, o motorista da empresa me buscou, e quando descobriu que eu era brasileira, logo começou a mostrar suas habilidades de falar “brasileiro”. Me disse que ele era corintiano e me tratava como “cara” (acho que pra afirmar que ele fala mesmo “brasileiro”). E ele ficou chocado quando descobriu que eu não conhecia as músicas da banda Calypso!

Povo simpático.

Informações Básicas para ir a Angola

Requisitos de entrada no País (para brazucas) – É necessário emitir seu visto de entrada no país antes de viajar. Os requisitos e instrução para visto podem ser encontrados na página do setor consular de Angola.

Para entrar em Angola é necessário portar o Visto com entrada vigente; Passaporte com validade superior a duração de permanência autorizada; e apresentar uma garantia de meios de subsistência no país durante sua estadia.

Não é pedido o CIV (Certificado Internacional de Vacina), porém é recomendável tê-lo, pois é obrigatório em outros países africanos que podem ser escala/passagem – como África do Sul.

Idioma – Português é falado como idioma oficial em todo país. Algumas pessoas ainda falam seus idiomas nativos africanos, e o inglês é pouco (quase nada) falado.

Companhias Aéreas – Vôos diretos de São Paulo (Seg; Qua; Sex; Sab) ou do Rio de Janeiro (Dom; Ter; Qui) a Luanda são feitos pela TAAG (Linhas Aéreas de Angola) – mas cuidado, esta companhia já ficou entres as piores do mundo em termos de segurança! Outra opção é fazer escala em Joanesburgo voando pela South African Airways. Outras opções de vôos são um pouco incoveninentes, como fazer escalas na Europa. Vôos domésticos são feitos pela TAAG e pela SonAir.

Dinheiro – Difícil sacar moeda local – Kwanza (AOA), tentei uns 5 caixas eletrônicos até encontrar um que tivesse moeda disponível. Talvez seja melhor comprar no aeroporto. Dólar é aceito na maioria dos estabelecimentos, e em lugares como supermercado, é possível usar cartão de crédito/débito internacional. Mas procure ter moeda local, é mais seguro pra não passar perrengue.

Eletricidade – As tomadas são 220V e do Tipo C (dois pinos redondos / padrão Europeu). Alguns eletrodomésticos mais antigos do Brasil são do Tipo C, só verifique se seu equipamento é bi-volt para não queimá-los!

Comida – coma apenas comidas cozidas, evite verduras e legumes crus. Lave bem as frutas com água e sabão, mas prefira frutas com cascas como banana e mexerica. Procure tomar somente água mineral engarrafada, de preferência com gás.

Telefone – É possível comprar um SIM card sem dificuldades, as Operadoras Celular são: Unitel e Movicel.

Seguro de Viagem  – não é obrigatório para entrar em Angola. No entanto, é sempre bom viajar assegurado né. Aquele tipo de coisa que ninguém que usar, mas é bom ter. Nós usamos o site Seguros Promo, que faz comparação de preços de vários seguros. (Se você não sabe o que é um seguro de viagens, leia este post aqui).

Na Seguros Promo você pode pagar em 12x no cartão ou ter 5% de desconto pagando no boleto.

E, tem mais…

Nossos leitores tem direito a um desconto de 5% (adicional ao do boleto). É só inserir o cupom SELANCA5 pra ganhar. Ou seja, fica bem acessível contratar este serviço para viajar tranquilo. Clique aqui para fazer sua cotação.

Luanda

Como se virar

Não é difícil se virar em Luanda, em geral as pessoas são solícitas e entendem nosso português “brasileiro”.

Segurança – Como todo país em desenvolvimento, fique esperto. Nada de carregar objetos de valor e muito dinheiro.

Clima – A cidade é quente e úmida, mas todos os recintos possuem ar condicionado, então é um entra e sai de ambientes quentes e frios.

Remédios – monte bem sua farmacinha e não esqueça de levar remédios para diarréia.

Malária – Angola está em uma zona de baixa incidência de malária, mas não custa nada se prevenir, passe repelente nas áreas expostas do corpo, use roupas compridas no amanhecer e anoitecer.

Locomoção

Procure andar com os taxis do hotel ou do ponto de taxis do Shopping. Anote o número de um deles e ligue pra essa pessoa te buscar. Ou peça pros colegas locais de darem carona. Não se aventure em taxi coletivo.

Onde ficar

Fique próximo de onde você vai trabalhar, o transito é muito ruim. A maioria das empresas estão instaladas no novo bairro de Talatona. Eu fiquei no Florença Hotel. Recomendo, é novo, limpo, tem ar condicionado, uma academia e é em frente aos Belas Shopping, então é possível ir a pé.
A desvantagem, como tudo em Angola, são os preços exorbitantes. Nunca fui a um país tão caro.

Veja outras opções de hospedagem em Luanda aqui.

Onde comer

Belas Shopping – é o maior e melhor shopping da cidade. Possui uma (razoavelmente) boa praça de alimentação, com opções de comida chinesa, self-service, pizza, massas, sushi, café e etc. Pra quem tem saudades do Brasil, lá tem um Bobs (sim, estava sendo irônica). Preço médio do lanche = 20 USD!! A praça é uma boa opção pra quem está em Talatona e não quer ir muito longe.
Uma boa pedida de um restaurante um pouco mais elaborado e refinado é o “Cajueiro” – na entrada do shopping, é muito bom e recomendo – só fique atento com os preços.
Horários da Praça de Alimentação:
– Segunda a Quinta: 10h às 22h
– Sexta a Domingo: 09h às 23h

Na Av. Murtala Mohamed na Ilha do cabo, é possível entrcontrar bons restaurantes também. Fui a uma churrasaria (de donos brasileiros) chamado Esplanada Grill. Lá comi picanha, feijão preto e banana à milanesa – ótimo pra matar a saudade de quem está fora do Brasil (agora de verdade).

Esplanada Grill
Esplanada Grill

O que fazer em Luanda

Ilha do cabo – praia com crescente estrutura, quado visitei estavam construindo um calçadão. Os locais levam suas cadeiras e fazem picnics. Outra opção é sentar em um restaurante beira-mar, tomar uma cervejinha e assistir ao por do sol.

Belas Shopping – é o maior e melhor shopping de Luanda, tem salas de cinema, um fliperama, lojas, restaurantes e uma praça de alimentação. Mas fazer compras em Luanda é loucura, o país é caríssimo.

Shop Rite – é um super mercado, nada demais. Mas pra quem nunca entrou na maior rede de supermercados da Africa, vale a pena entrar e olhar o que os locais comem por lá, como é a dinâmica das pessoas e observar um pouco o dia-a-dia dos locais.

Emergências

Anote o telefone de algum colega de trabalho por lá, se não estiver indo a trabalho, procure na sua rede amigos alguém que tenha um conhecido de conhecido pra te dar uma referência apenas para casos de emergências.
Embaixada do Brasil em Luanda:
Tel.: (+244) 222 44 20 10;
Plantão Consular (para contatos de extrema urgência apenas – ex: casos de prisão, morte, evacuação médica): 923 284 100/935 546 809.

Se Lanca…

04 Comments

  1. mayra

    Ola, bom dia
    |Me chamo e recebi uma proposta de ir trabalhar em luanda, eu estava lendo seu blog e gostaria de saber se pode me ajudar com algumas duvidas.
    Desde ja obrigada

    Responder
    • Tati Barro

      Oi Mayra, eu passei apenas uma semana em Luanda, não conheço lá o suficiente para falar sobre morar em Angola. Morei em Moçambique por 2 anos, foi uma experiência maravilhosa na minha vida, muito aprendizado e fui muito feliz lá.
      Boa sorte com sua jornada

      Responder
  2. willams silva

    muito bom site

    Responder

LEAVE A COMMENT