Sua saúde e Farmácia de Viagem

Fatores a considerar para montar a sua farmácia de viagem

Para montar sua farmacinha de viagens ou um kit de primeiros socorros, as variáveis que você deve considerar são as seguintes:

1º – Quais são as condições médicas pré-existentes que tenho?
2º – Quanto tempo vou ficar fora?
3º – Para onde estou viajando?
4º – Quais atividades vou praticando na viagem?

Baseado nas respostas para essas 4 perguntas é que você deve montar seu kit.

Por exemplo, se você tem algum doença crônica, como diabetes, pressão alta/baixa, problemas de tireóide, colesterol etc – leve sua medicação. É aconselhável levar uma quantidade maior do que a que você necessitará, se for viajar por 2 semanas, leve sua medicação para 3 semanas.

Guarde sua medicação em lugares separados

Deixe um pouco no hotel e carregue o que precisar consigo. Assim você evita ter que comprar medicação se sua mochila for roubada ou cair no rio 😉

Considere o local e atividades da viagem

Se for uma viagem à praia pra ficar estendido sob o sol, protetor solar é essencial; se estiver indo a Macchu Picchu, talvez precise de remédios contra o mal de altitude. A atividade também conta, se sua viagem envolver muita caminhada/trekking, leve pomadas para os pés e calos.

Qual facilidade que terá em relação a acesso a medicação?

Por exemplo, você estará visitando os povos ribeirinhos da Amazônia ou se estará em Nova Iorque? No primeiro caso é bom levar um grande suprimento, no segundo caso, em qualquer emergência você poderá correr para um hospital ou farmácia.

Use o bom senso e converse com seu médico antes de viajar.

Lista Básica de medicamentos para viagem

Fizemos uma pequena lista baseada na nossa experiência e perrengues que já passamos mundão. Não somos médicas e nossos conselhos jamais substituirão conselhos médicos – converse com o seu antes. E claro, a prevenção é sempre a melhor solução.

Procure sempre viajar de maneira segura, neste post damos 15 dicas para uma viagem segura.

Quais remédios incluir na mala?

• Medicação pessoal (leve uma cópia da sua prescrição médica)
• Febre/Dores (ibuprofeno, paracetamol, dorflex, etc.)
• Alergias (benadril, allegra, anti-histamínicos, etc.)
• Enjôo (plasil/dramim)
• Diarréia (Floratil, Imosec, Solução/Pó eletrolítica)
• Cólica (Buscopan)
• Pomada com antibiótico para pequenos cortes ou reações alérgicas a picadas
• Band-Aids de tamanhos sortidos e Gaze
• Protetor solar
• Repelente (para as áreas de malária, dengue)
• Próctil (quem usa, sabe pra que serve)

Quem vai para áreas mais remotas

Além do básico listado acima, um pouco mais de precaução é necessária. Procure ser mais auto-suficiente com seus suprimentos e levar itens extras no seu kit.

• Tala (para torção ou estabilização de membros)
• Anti-maláricos (converse com seu médico, nem sempre é aconselhável por causa dos efeitos colaterais – de qualquer maneira leve repelente para prevenção)
• Antibióticos (discuta a necessidade de carregar antibióticos com seu médico)
• Bandana (para braço ferido, ou ser usado como máscara contra poeira)

Texto adaptado desta Fonte

Se Lança…

Foto da capa de jniittymaa0

Compartilhe este post

7 thoughts on “Sua saúde e Farmácia de Viagem

  1. Dicas importantes especialmente porque não é possível comprar remédios em farmácias… leve sempre o que usa normalmente e alguns outros para dores em geral e um antibiótico para emergência. Um colírio para a viagem também ajuda.

Deixe uma resposta

Ainda não sabe pra onde ir?
A gente te ajuda! Escolha um destino.