Tax Refund no aeroporto de Joanesburgo – passo a passo
África África do Sul Joanesburgo

Tax Refund no aeroporto de Joanesburgo – passo a passo

E então sua viagem chegou ao fim! Está na hora de recuperar os impostos pagos pelas compritchas. Veja aqui o passo a passo do Tax Refund no aeroporto de Joanesburgo.

Tax Refund – o que é

Na África do Sul, o viajante que não mora no país, nem vai usufruir dos impostos pagos lá, pode recuperá-los na saída do País. Legal esse conceito né? Só paga imposto que vai usá-los.

Como funciona o tax refund na África do Sul?

Você recebe o VAT (value added tax) de alguns itens de consumo: roupas, brinquedos, eletrônicos, souvenirs e etc. Não vale para hotel, restaurante, passeios nem supermercado.

O valor do VAT é de 15%, porém 1% fica como taxa de administração deste processo e você recebe de volta 14% do valor da compra.

Guarde todas as notinhas das suas compras e IMPORTANTE – não pode retirar a etiqueta das compras! 

Outras informações importantes para receber o tax refund:

  • Para compras acima de 5000 rands (não no total, mas um único ítem – tipo em eletrônico que você comprou) seu nome e endereço devem constar na nota fiscal. Não esqueça de pedir isso no loja.
  • Para mega compras acima de 10000 rands, além de constar o nome e endereço na nota fiscal, você tem que apresentar o comprovante de compra – como o recibo da máquina de cartão.

Tax refund – aeroporto de Joanesburgo

Outra dica importantíssimachegue cedo no aeroporto! Isso tudo leva tempo, às vezes as filas estão grandes. Não pode ter pressa de perder vôo.

Passo a Passo

1 – Deixe suas compras em um lugar de fácil acesso na mala, pois terá que provar que fez as compras que estão descritas nas notas fiscais.

2 – Antes de fazer check-in né gente, vá até este guichê (da foto) que fica em frente aos check-ins do Terminal A (internacional). Lá você entrega todas as notas que quer pedir reembolso para o funcionário. Ele vai pedir aleatoriamente para que você mostre alguns itens que estão descritos ali. Você mostra e pronto. Ele vai carimbar as notas fiscais que foram aprovadas e te devolver.

3 – Faça seu check-in normalmente, pode despachar os produtos que comprou, não vai mais precisar mostrar pra ninguém.

4 – Depois de passar pela imigração e entrar na sala de embarque, vire logo à esquerda. Tem uma escada rolante que te leva ao primeiro andar onde está este escritório do SARS (foto abaixo). Entre na fila com suas notas fiscais carimbadas, passaporte e bilhete de embarque em mãos. Você só tem que entregar esses documentos e fornecer seu email. Pronto. O funcionário logo vai te informar quanto dinheiro você receberá e te entregar um cartão de compras Mastercard com uma senha.

5 – Pode pegar seu vôo e ir pra casa esperar. Dentro de 6 meses, você receberá um email dizendo que seu cartão foi ativado e o dinheiro está disponível. Eles dizem que para reembolsos de até 3000 rands é processado em 3 dias. Reembolsos maiores levam até 3 meses. Mas o meu era só 2000 rands e levou 6 meses!! Eu juro que já tinha até esquecido disso e chegou o email de aprovação.

6 – Gaste sua graninha e pronto!

Tax Refund – aeroporto de Cape Town.

O processo é similar, mas veja os detalhes neste post do Bastante Sotaque.

Mais dicas imperdíveis sobre a África do Sul:

Viajar para a África do Sul – Post Índice
Como se virar na África do Sul
Vale a pena alugar carro na África do Sul?
É seguro viajar para a África do Sul?
Viajar para a África do Sul com crianças e bebês
Roteiro de 2 semanas na África do Sul

Se ficou alguma dúvida ou se quiser apenas deixar um palavrinha carinhosa pra gente, escreva nos comentários aqui abaixo.
Escreve, escreve, escreve 🙂

Ah, e não deixe de seguir nossas andanças no Instagram. Sempre tem dica boa por lá também.

~ Se Lança ~

Deixe uma resposta