Tour curiosidades culturais do Japão em Tóquio
Ásia Japão

Tour curiosidades culturais do Japão em Tóquio

Estivemos no Japão pela primeira vez em outubro de 2019 em uma escala de 6 dias pra outra viagem. A escala era em Tóquio e como tínhamos pouco tempo pra conhecer a cidade mais populosa do mundo, nossa ideia era focar nosso roteiro em conhecer os lugares mais turísticos da cidade, passeando pelos bairros clássicos e mais conhecidos, como: Shibuya, Shinjuku, Asakusa, Harakuju, pra citar alguns…

Foi então que veio uma surpresa trazida por essa vida de criadora de conteúdo de viagem: a Musement, empresa de venda de ingressos para atrações turísticas no mundo todo, nos perguntou se gostaríamos de fazer um passeio mais inusitado por Tóquio.

O passeio era no bairro de Ningyocho, um bairro super local/tradicional, quase nada turístico (em todos blogs que li para organizar meu roteiro, nenhum citava este bairro), onde iriamos com uma guia local conhecer mais sobre as Curiosidades Culturais do Japão.

Mesmo com um pé semi atrás – por não ter lido nada a respeito desse bairro antes – aceitamos!

Ficamos curiosos em saber porque não tinha encontrado nenhuma dica de passeio por este bairro e havia uma empresa como a Musement oferecendo um tour por lá, ou seja, algo interessante e novo pra contar aqui, poderíamos descobrir e nos lançamos.

Antes de falar sobre o passeio Curiosidades Culturais do Japão em Tóquio, eu vou falar pra vocês porque vale a pena fazer esse passeio. Sim, já vou começar falando das vantagens, porque fazer esse passeio foi uma das melhores decisões que tomamos nessa viagem:

  • Tóquio é imensa e cada bairro é um mundo diferente. Ningyocho é um mundo desses mundos, cheio de locais tradicionais, onde só se vê locais pelas ruas e ninguém fala inglês, ou seja, só dá pra conhecer acompanhado por um guia local.
  • Conhecer Ningyocho é conhecer a cultura do Japão através das artes manuais japonesas, dos sabores, da tradição familiar, da perfeição e do respeito a tudo o que fazem.
  • Passeamos por ruas estreitas que escondiam lojas que estão ali há gerações vendendo produtos artesanais.
  • Provamos comidinhas, salgados e doces, e através deles conhecemos mais sobre religião, arte e tradição.
  • Aprendemos sobre arquitetura e sobre o impacto das guerras e terremotos na vida e na maneira de ser dos japoneses.
  • Visitamos templos budistas e santuários xintoístas, onde entendemos mais sobre as crenças do Japão.
  • Compramos lembrancinhas artesanais lindas e especiais, cheias de história.
  • Por fim, tivemos uma experiência e um entendimento sobre esse país que jamais teríamos se não fosse de mão dada com um guia local e em um bairro ainda tão autêntico como é Ningyocho.

O que vimos no tour Curiosidades Culturais em Tóquio?

O passeio por Ningyocho começou em frente a uma torre chamada Edo Rakugo Karakuri Yagura. Essa torre foi instalada em 2009 em homenagem a história do bairro, que mudou muito após os incêndios da era Edo (nome anterior de Tokyo – assista esse vídeo genial para entender  os períodos do Japão antes de ser o que é hoje).

curiosidades-culturais-do-Japão-clocktower-Ningyocho
Edo Rakugo Karakuri Yagura – clock tower em Ningyocho

No período Edo, o bairro de Ningyocho, era um bairro de entretenimento, teatro de marionetes e casas de shows. Depois dos incêndios da era Edo que acabaram com o local, o bairro se transformou muito, deixando de lado essa característica, por isso, a torre foi colocada no local, para relembrar sua história. A cada virada de hora, marionetes saem do relógio e entretendo os pedestres.

As lojinhas que visitamos, em ordem:

  • Itakuraya: fundada em 1907, pertence a mesma família há 4 gerações. São especialistas em Ningyoyaki, doce japoneses com recheio de feijão. Cada doce tem a cara de um dos 7 deuses da sorte (shichi fukujin).
curiosidades-culturais-do-Japão-Ningyoyaki
Itakuraya, especialistas em Ningyoyaki (doce de feijão)
  • Kyosendo: reconhecida loja de leques japoneses, foi fundada em 1832. Na Kyosendo vimos uma variedade de leques decorados, uns até pintados a mão. Os preços são salgadinhos, chegando a custa até $1.500 dólares. Mas é possível levar um mais simples por volta de $30 dólares.

curiosidades-culturais-do-Japão-lojaleque

  • Mucco: loja especialista em tenugui, um tipo de toalha de mão bem tradicional também. No Japão não é comum encontrar secadora de mão ou papel nos banheiros públicos e isso acontece por uma questão cultural: cada um carrega consigo um lenço de mão de pano (e o meio ambiente agradece). Na Mucco haviam vários “lenços” com estampas que representam cenas japonesas. Eu comprei alguns pra mim e uns de presente. Custam entre $6-$10 dólares.

curiosidades-culturais-do-Japão-teniqui

  • Em seguida, visitamos 2 dos oito templos que existem em Ningyocho, um budista e um xintoísta. O Koami Shrine é um santuário Xintoísta e o único do bairro com a construção original. A maioria dos templos tiveram que ser reconstruídos após a 2ª Guerra Mundial. No templo aprendemos o ritual de purificação dos budistas antes de entrarem ao templo e fazerem uma oração. Também fizemos um ritual de lavar uma moeda para garantir uma vida próspera.
curiosidades-culturais-do-Japão-Koami-Shrine
Koami Shrine, templo Xintoísta em Ningyocho
  • Seguimos por ruazinhas estreitas que nos levaram até pequenas lojas ultra especializadas em um único produto. Passamos pela Shoyeido, uma loja de incensos, pela Saruya, uma loja de palitos de dente esculpidos a mão há gerações (foto abaixo) e uma das duas únicas lojas existentes no Japão que ainda fazem, manualmente com palha, caixas para guardar Kimono. Nessa última loja não podíamos entrar, mas conseguimos ver um artesão trabalhando pela vitrine da loja.

curiosidades-culturais-do-Japão-palitodente

  • Depois seguimos na comilança passando pela Soukaya, loja especializada em bolachinhas de arroz; Morinoen, uma loja de chá verde com torrefação feita no local; Futaba, uma loja especializada em produtos a base de Tofu, onde provamos Amazake (bebida a base de tofu considerada o redbull deles); Kotobukido onde comemos Koganeimo, outro tipo de doce de feijão polvilhado com canela e por fim na Imoyakinjiro, uma das que mais amei a preferida da nossa guia também, que nos presenteou com um saco de Imokenpi, parece uma batata frita, porém doce.

Ao todo estivemos umas 4h caminhando pelas ruas do bairro de Ningyocho com nossa guia Aya. Foi uma experiência gastronômica, artística e muito inspiradora.

curiosidades-culturais-do-Japão-tour-guiado
Aya, thank you so much for sharing, with so much passion, your culture with us. Thanks for all the yummy treats 😉

Importante ressaltar que esse tour foi feito em inglês, mas a Musement também oferece o mesmo em espanhol.

O que achamos da experiência no tour Curiosidades Culturais do Japão em Tóquio?

Quando turistamos pelo Japão nossos olhos são invadidos por tantas cores, luzes, sons, cheiros, sabores e modos diferentes dos nossos, ocidentais, que a princípio pensamos: esse lugar é de outro planeta.

Durante o tour Curiosidades Culturais, feito pela Aya, que foi a nossa guia local, ela nos ajudou a entender a cultura japonesa através de estabelecimentos, que a primeira vista parecem simples, mas que por trás existe uma cultura de super especialização e dedicação em busca da perfeição: seja de fazer o melhor doce de feijão, uma caixa de palha para guardar kimono, um palito de dente feito a mão ou uma bolacha de arroz. 

No nosso mundo atual onde tudo é descartável e massificado, percebemos que não é a toa que nosso cérebro entenda tudo aquilo como coisa de outro planeta mesmo. Durante o tour entendemos que no Japão existem não só artesãos, mas famílias inteiras que se dedicam a buscar excelência em tudo o que fazem, por gerações e gerações.

Recomendo de olhos fechados esse tour e por isso escrevi este post tão completinho. Espero que você também possa ter a oportunidade de visitar a terra do sol nascente e mergulhar de cabeça e coração aberto, nas diferenças culturais que  tornam o Japão tão especial.

Eu voltei com uma admiração profunda que provocaram transformações em mim, onde através do exemplo, eles me ensinaram tanto sobre determinação, respeito, e principalmente, educação.

No Instagram do Se Lança, você pode ver um pouco mais de como foi o tour e a nossa visita a Tóquio. Está tudo salvo destaque Japão, é só clicar aqui.

Outros posts que podem te interessar:

Melhor hotel em Tóquio: review do The Gate Hotel Asakusa
Seguro de Viagem Internacional – vale a pena?
7 dicas importantes sobre seus documentos antes de viajar
15 dicas para uma viagem segura e saudável
7 dicas para tirar lindas fotos de viagem com o celular

 

~ Se Lança ~

 

Nota: O Se Lança fez o tour Curiosidades Culturais do Japão a convite da @musement. Este é um conteúdo patrocinado que não interfere nas opiniões expressas no texto.

Deixe uma resposta