Viajar para a África do Sul com crianças e bebês
África África do Sul Comece aqui!

Viajar para a África do Sul com crianças e bebês

Será que vale a pena viajar para a África do Sul com crianças e bebês? Sim ou com certeza?! Fui com minhas filhas com 3 anos e a bebê tinha 5 meses e vou mandar a real: com crianças maiores é mais fácil. Óbvio né gente?!

Mas se você não quer deixar os pequenos para trás, dá pra aproveitar sim. Em outro ritmo, outros passeios, outros esquemas, mas será com certeza lindo e divertido!

Já as crianças maiores e adolescentes vão curtir MUITO a África do Sul.

Que criança não ama mato, bicho, praia e comida boa?! Podem ser pequenos, mas já são bon vivants!

A África do Sul é um país muito kid friendly, crianças são bem quistas e sempre tem estrutura para elas.

Melhores passeios para fazer com crianças na África do Sul

Veja esses posts sem falta, eu conto tudo sobre Joanesburgo, Cape Town, Safari com crianças e até Vinícolas com as crianças:

Joanesburgo com crianças
Cape Town com crianças
3 vinícolas para ir com crianças na África do Sul
Vinícola Spier: Onde ficar em Stellenbosch
Safari com crianças na África do Sul: Aquila Private Reserve

Dicas Práticas para viajar com crianças para a África do Sul

1. Criança precisa da carteira de vacinação contra Febre Amarela?

Sim, exceto para bebês de até 1 ano.

Não se preocupe que seu filho não vai contrair febre amarela na África. Na verdade, a África do Sul é quem pede atestado de vacinação para quem vem do Brasil, pois somos nós quem temos a febre amarela por aqui.

Na Brasil é permitido vacinar contra febre amarela à partir dos 9 meses no posto de saúde. Converse com o pediatra do seu filho sobre o assunto.

2. Documentação das crianças para entrar na África do Sul

Devido à preocupação com tráfico de crianças, a África do Sul está apertando o cerco com a documentação dos pequenos.

Uma nova regulamentação de Abril de 2019 diz que a certidão de nascimento das crianças PODE ser pedida na imigração junto ao passaporte. Isso não quer dizer que será pedida, mas sim que eles tem esse direito. Ou seja, TEM que levar uma cópia autenticada da certidão de nascimento!

Quando eu fui com as meninas (Dezembro de 2018) essa regra ainda não estava valendo. Neste link do consulado Sul-Africano no Brasil tem essa informação, bem pequena e em itálico dentro da caixa de formulários.

3. Criança viajando para a África do Sul com apenas um dos pais

A África do Sul é bem exigente quanto à viagem de menores desacompanhados de um dos pais. Mesmo que o passaporte da criança conste a permissão para viajar com apenas um dos pais, isso não é suficiente.

Tem que preencher um formulário onde o outro pai autoriza o primeiro a viajar sozinho com a criança.

Dá uma olhada nesta página do Consulado em Cape Town com mais detalhes. E também baixe o formulário do Itamaraty neste link: (FORMULARIO_MRE_ form p autoriz viag menor desac- INGLES)

No site do consulado Sul-Africano tem um outro formulário em inglês, um affidavit (link aqui). Eu (eu ok gente) gosto de pecar pelo excesso e levaria os dois documentos.

4. Alimentação na África do Sul

Praticamente todo restaurante tem menu kids, com as opções de mini-hamburguer, nuggets, pizza (que eu sinceramente não gosto de oferecer). Geralmente tem também opções saudáveis, como carne com legumes ou macarrão à bolhonesa.

Um pequeno porém, é que quase todos os pratos de macarrão vem temperado com pimenta do reino. Não é por mal, mas na África do Sul eles tem o hábito de cozinhar tudo com pimenta e sal. Para nós adultos é muito suave, não é picante. Mas vocês sabem como são as crianças né… Não custa perguntar antes.

Para os lanchinhos durante o dia, passe no supermercado e pegue frutas, iogurtes, nozes e outras coisinhas. Meu supermercado preferido na África do Sul chama-se Woolsworth. É muito lindo, tudo organizado, produtos de excelente qualidade. Pra quem quer praticidade tem os potinhos de frutas picadas prontas. Uma mão na roda. Mas os outros mercados: Pick N’ Pay e Spar também são excelentes.

*Uma dica preciosa – ofereça ovos no café da manhã. Assim você fica tranquila se sua cria não almoçar muito bem, e à noite pode oferecer sua jantinha caseira. Pronto, sabe que no balanço do dia o filhote comeu bem.

5. Outros cuidados com a saúde das crianças

Eu sempre gosto de ficar em apartamentos quando viajo com as minhas filhas. Primeiro porque te dá mais liberdade, mas acima de tudo, porque me permite cozinhar. Além da economia financeira, é a certeza de que as crianças vão se alimentar bem.

Veja aqui uma lista de apartamentos em Joanesburgo.
Veja aqui a lista de apartamentso em Cape Town.

Lembre-se sempre dos cuidados básicos de higiene, como lavar frutas e verduras, cozinhar os alimentos, lavar as mãos com água e sabão e etc. Essas coisinhas “simples” evitam grandes problemas.

E quanto à água?! Nos primeiros dias nós compramos água mineral para tomar, depois a gente não estava mais dando conta e tomamos água da torneira – como os locais. Exceto a bebê que estava em aleitamento materno exclusivo. Ninguém passou mal.

Pai e filha no aquário de cape town

6. Malária na África do Sul

Joanesburgo e Cape Town não tem risco de malária. Pode ir TRAN-QUI-LO!!

A única região da África do Sul que tem risco de malária é no Kruger. O risco de malária é baixo, mas existe. Eu (EU ok gente) não iria com bebê para o Kruger, mas com crianças maiores sim.

Cuide da prevenção, use roupas de manga longa e passe repelente. Não precisa tomar nenhum remédio.

Nesse post falamos sobre saúde e farmácia de viagem.

Quem quiser comprar repelente na África do Sul indico o Peacefull Sleep.

7. Seguro de Viagem

Já falei muito sobre isso. Não corra riscos! Tem que fazer um seguro de viagem para toda a família. É aquele tipo de coisa que ninguém quer usar, mas tem que ter. Amigos nossos já foram salvos pelo seguro quando o filho pegou pneumonia no inverno Nova Iorquino. A gente sempre torce pelo melhor, mas “shit happens“.

Não é caro, uma semana de seguro na África do Sul fica menos de 80 reais.

Faça uma cotação na SegurosPromo, nosso parceiro. Eles fazem um comparativo de várias seguradoras e trazem a melhor comparação de preço. E, tem mais…

Nossos leitores tem direito a um desconto de 5% (adicional ao do boleto). É só inserir o cupom SELANCA5 pra ganhar. Ou seja, fica bem acessível contratar este serviço para viajar tranquilo. Clique aqui para fazer sua cotação.

8. Transporte e locomoção com crianças na África do Sul

Nós optamos por levar as nossas cadeirinhas de carro. Alugar uma cadeirinha é caríssimo, dependendo do tempo que você vai ficar, com o dinheiro do aluguel dá até pra comprar outra.

O negócio é que os aeroportos são longe da cidade e eu não gosto de arriscar andar com criança sem segurança, principalmente em estrada. Sim, é um porre carregar aqueles trambolhos – mas aí não tivesse filho certo?!

Uma dica importantíssima, alugue um carro sedan. Nós passamos um mega perrengue com um carro hatch porque não cabiam todas as tralhas e malas. Veja certinho antes de fechar o aluguel. Sempre alugo carro no exterior com a RentCars. Você escolher se quer pagar online em reais ou na moeda local quando chegar, mas pagando no Brasil é possível parcelar. Clique aqui pra fazer sua cotação.

9. Acessibilidade

Já me perguntaram sobre acessibilidade para cadeirantes na África do Sul. Gente, que vergonha, mas eu não reparei. São coisas que nós – que não temos nenhuma dificuldade – não reparamos né?! A única coisa que posso dizer é que estávamos com nosso carrinho trambolho e não me lembro de ter passado nenhuma dificuldade em andar com ele nas atrações turísticas.

10. O que levar pra África do Sul?

Honestamente, não precisa levar nada. Não é roça lá e não é fim do mundo. Você vai encontrar tudo que precisa, como fraldas, shampoo, sabonete infantil, leite em pó, cookies, biscoito, frutas… qualquer coisa que você precise.

Leve só aquilo que você levaria para uma outra viagem qualquer.  Aproveite que lá as coisas são um pouquinho mais baratas e compre por lá.

Espero ter ajudado esclarecendo as muitas dúvidas de viajar para a África do Sul com crianças e bebês. Ficou em dúvida?! Escreve aqui nos comentários que eu respondo!

E aí, vamos encarar?!

Veja mais esses posts que podem te interessar:

Como se virar na África do Sul
Vale a pena alugar carro na África do Sul?
É seguro viajar para a África do Sul?
10 dicas para viajar de avião com bebê
Seguro de Viagem Internacional – vale a pena?

~ Se Lança ~

Deixe uma resposta