Viajar para a Nova Caledônia: dicas antes de partir

Para viajar para a Nova Caledônia (ou qualquer lugar do mundo diga-se de passagem) convém preparar antes.

Eu separei algumas dicas e dúvidas que eu tinha antes de vir morar nesta ilha perdida no Pacífico.

Brasileiro precisa de visto para a Nova Caledônia?

Para turismo não. É possível ficar até 3 meses na Nova Caledônia sem visto prévio.

Para quem vai trabalhar ou estudar, aí sim é preciso fazer o processo do visto na Embaixada Francesa no Brasil. E esse aí é chato viu… prepara.

Roteiro de 1 semana na Nova Caledônia

Pra quem vem visitar eu recomendo o seguinte roteiro:

  • 2 dias em Nouméa
  • 1 dia no Pharee Amedée (bate e volta de Nouméa)
  • 1 dia na Ilôt Maître (bate e volta de Nouméa)
  • 2 dias na Ilha dos Pinhos

Esse é um roteiro puxado, pra quem tem pique! Pra quem vem pra descansar mais ou não quer correr tanto, tire Ilôt Maître do roteiro acima.

Se ainda assim achar corrido demais, priorize conhecer a Ilha dos Pinhos – que é o ponto alto da Nova Caledônia.

Visa de cima do farol em Phare Amédée

É muito caro viajar para a Nova Caledônia

É caro, mas caro com força viajar pra Nova Caledônia. Tipo 26 reais o quilo da banana. Um melão sai por 40 reais e um expresso no restaurante por 15.

Média de hotel é 100 euros a noite num hotel 2 estrelas. Uma pizza individual custa 20 euros.

Acho que já consegui demostrar que custa muito dinheiro chegar e desfrutar da ilha.

Um consolo é que todo mundo aqui é farofeiro! Até café da manhã a gente leva pro hotel pra economizar um pouco. (PS – leia nossas dicas de como viajar bem e barato pelo mundo pra te inspirar)

Moeda

A moeda oficial é o Franco Pacífico. O câmbio para 1 real é 26 francos. Uma conta grosseira é que 100 francos são 4 reais. O difícil é fazer as contas em centenas e milhares, sempre me confundo com os números grandes.

Em geral, não se aceita outra moeda. No entanto, alguns estabelecimentos bem turísticos aceitam dólares australianos.

O ideal é trocar nos bancos.

Idioma

O idioma oficial é o francês e dá pra se virar em lugares mais turísticos com o inglês. Mas fora das regiões turísticas, é só francês mesmo.

Na minha experiência, o povo aqui não se esforça muito pra te entender, mesmo que você tente arriscar um francês sem vergonha (como o meu). Mas dá pra se virar tranquilo.

Eletricidade

A tomada é aquela padrão européia com dois pinos, voltagem 220 V.

Alimentação

A comida nativa local é baseda em tubérculos, muito inhame e batata doce por aqui! No entanto, os restaurantes mais comuns são de comida francesa (óbvio), tailandesa, italiano e vietinamita. E sempre tem aqueles restaurantes que não são nada mas tem tudo – hamburger a peixe frito.

O que você não pode deixar de comer são os pães e doces franceses que tem em todas as padarias. Juro que nunca comi um pão tão bom como o caledonense.

De resto não tem erro nem perrengue. Encontra-se TUDO nos mercados.

Locomoção na Ilha

É muito fácil andar de carro pela Nova Caledônia. As estradas são excelentes e dirige-se na mão esquerda, como no Brasil. Tem muitas locadoras de carro, eu costumo usar a RentCars pra fazer cotação e pagar em reais do Brasil (evitando IOF).

Outra opção de locadora de carros local é a Point Rouge.

A melhor dica no entanto que posso compartilhar é: baixe o applicativo Maps.me. Você baixa o mapa da Nova Caledônia e pode usá-lo offline. É muito mais preciso que o google maps e waze aqui não funciona.

O Taxi Boat te leva para algumas ilhotas perto de Nouméa

Seguro de Viagem

Eu sei que é aquele tipo de coisa que ninguém quer usar, mas que é importante ter, com saúde não se brinca.

Nós usamos o portal SEGUROS PROMO, pois faz cotações com várias seguradoras trazendo um comparativo de preços e benefícios.

Pra vocês terem idéia, um seguro de 7 dias custa à partir de 55 reais. Não é caro. Na Seguros Promo você pode pagar em 12x no cartão ou ter 5% de desconto pagando no boleto. E, tem mais…

Nossos leitores tem direito a um desconto de 5% (adicional ao do boleto). É só inserir o cupom SELANCA5 para ganhar. Ou seja, fica bem acessível contratar este serviço para viajar tranquilo.

Clique aqui para fazer sua cotação

Vale a pena viajar para a Nova Caledônia?

Olha, sejamos bem sinceros. Pra levantar do Brasil e despencar pra cá é bem caro! Acho que valeria a pena incluir a Nova Caledônia no seu radar se você mora na Austrália ou Nova Zelândia.

Ou então vale a pena incluir a Nova Caledônia no seu roteiro se você vai fazer um tour pelas ilhas do pacífico. Agora, sair do Brasil pra vir conhecer somente a Nova Caledônia, é só se tem algum outro motivo – como visitar os loucos que moram assim tão longe!

Vista do Ouen Toro, montanha na cidade de Nouméa

Continue lendo:

O que fazer em Nouméa
Ilha dos Pinhos na Nova Caledônia
Ilot Maitre, ilhota perto de Noumea
Noumea com crianças, melhores passeios
Hotel perto do Aeroporto de Auckland
10 dias pela Ilha Sul da Nova Zelândia
5 dias pela Ilha Norte da Nova Zelândia
Se lança para a Nova Zelândia Djáh!
Guia de sobrevivência na Nova Zelândia

~ Se Lança ~

Compartilhe este post

Deixe uma resposta

Ainda não sabe pra onde ir?
A gente te ajuda! Escolha um destino.